Gazeta Esportiva

Napoli está sendo investigado por irregularidades na contratação de Osimhen

São Paulo, SP

24/01/23 | 10:48

Na liderança da Série A, o Napoli está sendo investigado pelo Ministério Público da cidade pela compra do atacante Victor Osimhen junto ao Lille, em julho de 2020. A informação é do veículo italiano Il Mattino, que revela uma possível fraude contável na transferência do nigeriano.

O Napoli gastou cerca de 71,2 milhões de euros + 10 milhões em metas (ao todo, R$ 459,8 milhões na cotação atual) pelo atleta. Em troca, o clube italiano cedeu quatro jogadores para o Lille: o goleiro Karnezis e três jogadores da base, que nunca atuaram pelos franceses. Ao todo, eles custaram 21,3 milhões de euros (R$ 120,6 milhões).

A manobra pode ter sido feita para inflar a balança comercial do clube. Vale lembrar que a Juventus foi punida nesta temporada após ter sido acusada de fraude, perdendo 15 pontos na atual edição do Campeonato Italiano.

O principal investigado pelas autoridades é o atual presidente do Napoli, Aurelio De Laurentiis. Seu advogado, Fabio Fulgeri, disse à rádio italiana CRC que não há possibilidade de o clube ser punido como a Juventus.

“O caso Osimhen não pode ser comparado ao caso da Juventus, o Napoli não fez negócios como a Juventus. Se nenhum elemento novo surgir, tudo deve terminar bem”, afirmou.

Com 50 pontos em 19 partidas, o Napoli está isolado na ponta da tabela. A equipe volta a jogar pelo Campeonato Italiano no domingo (29), em duelo contra a Roma em casa, no Estádio Diego Armando Maradona.

Deixe seu comentário