Futebol Internacional/Bastidores

Empresário de Pogba rebate críticas de ex-jogador e ídolo do United

São Paulo , SP
21/08/2018 09:15:35

Em: Bastidores, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Manchester United
Pogba teve atuação criticada por Paul Scholes, ex-jogador e ídolo do United (Foto: Glyn Kirk/AFP)

A imprensa internacional vem, há tempos, indicando o possível desejo de Paul Pogba de deixar o Manchester United. No último final de semana, após a derrota da equipe comandada por Mourinho para o Brighton, o ex-jogador e ídolo dos Red Devils, Paul Scholes, criticou a atuação do francês e viu o empresário do jogador ironizar suas declarações nas redes sociais.

“Algumas pessoas precisam falar por medo de serem esquecidas. Paul Scholes não reconheceria um líder nem se estivesse em frente a sir Winston Churcill”, disse Mino Raiola, empresário de Pogba. O primeiro-ministro britânico durante a Segunda Guerra Mundial foi citado na “alfinetada”.

Ele aproveitou para ironizar a saída do jogador do time inglês. “Paul Scholes deveria se tornar diretor esportivo e aconselhar Woodward a vender Pogba. Perderia noites de sono tentando encontrar um novo clube para ele”, declarou no Twitter.

Após a derrota para o Brighton no Campeonato Inglês, Paul Scholes concedeu entrevista e disse que falta líderes à equipe de Mourinho, direcionando as críticas a Pogba. “Falta líderes ao United. Nós pensamos que Pogba seria o candidato ideal, mas não fez isso no jogo. Ele teve outra partida bem pobre. Ele é muito inconsistente”, declarou segundo o Daily Mail.

Após a Copa do Mundo, aumentaram os rumores sobre a possível saída de Pogba do Manchester United, clube onde atua desde 2016, em sua segunda passagem. O volante e o técnico Mourinho já não estariam com uma boa relação há tempos e o francês teria expressado seu desejo de atuar pelo Barcelona. O presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, desconversou sobre possíveis negociações, mas não descartou totalmente a contratação do jogador para a temporada.