City e United se unem em apoio as vítimas de tragédia em Manchester

São Paulo, SP

23-05-2017 13:30:55

O atentado terrorista que vitimou ao menos 20 pessoas na última segunda-feira, em um show musical na cidade de Manchester, tem deixado a cidade inglesa em estado de luto. E o momento exige que os dois clubes locais, historicamente rivais, se unam em ato de solidariedade.

Manchester United e City, além de expressar suas condolências pelos afetados na tragédia, se prontificaram a ajudar as autoridades e unidades de emergência da maneira que for necessário para que a cidade de recupere do baque, segundo comunicados oficiais nos sites dos dois clubes.

O Etihad Stadium, casa dos Citizens, também está sendo usado como um centro de auxílio para as vítimas, e a polícia local já informou que qualquer um afetado pela tragédia poderá buscar ajuda no estádio. Outra medida tomada pelos clubes foi a de que suas lojas oficiais e o tour que são feitos em seus estádios não funcionarão nesta terça.

No treinamento visando a final da Liga Europa, na próxima quarta-feira, o elenco do Manchester United respeitou um minuto de silêncio em homenagem as vítimas, antes que as atividades fossem iniciadas. Confira o momento no vídeo abaixo:

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O treinador José Mourinho falou sobre o triste ocorrido: "Estamos todos muito tristes pelos eventos trágicos da última noite. Nós não tiramos da nossa cabeça e do coração todas as vítimas e seus familiares. Temos trabalho a fazer e voaremos para a Suécia para isso, mas é triste que não voaremos com a alegria que sempre temos antes de um jogo".

Meio-campista do City, o brasileiro Fernandinho também se manifestou via rede social: "Muita tristeza com as mortes na Manchester Arena. Minhas sinceras condolências às famílias de todas as vítimas desse horrível ataque".

Ainda nesta terça, a UEFA confirmou que cada jogador do Manchester United irá utilizar uma faixa preta no braço, na grande decisão da Liga Europa, na próxima quarta-feira.

Deixe seu comentário