Juventus bate Napoli e abre 16 pontos na liderança do Italiano

São Paulo , SP
03/03/2019 18:25:57 — 03/03/2019 21:03:06

Em: Futebol Italiano, Juventus, Napoli
Pjanic marcou o primeiro da Juventus na etapa inicial e foi expulso no segundo tempo (Foto: Divulgação)

Ainda faltam mais 12 rodadas para o fim do Campeonato Italiano, mas já é possível dizer que apenas uma tragédia tira o título da Juventus. Na tarde deste domingo, o time defendido pelo astro Cristiano Ronaldo ganhou do Napoli por 2 a 1 no Estádio San Paolo e aumentou ainda mais sua vantagem.

Com 72 pontos ganhos, a invicta Juventus permanece confortavelmente instalada no primeiro lugar do torneio nacional. O Napoli, com 16 pontos a menos, detém a vice-liderança. Milan (48) e Internazionale (47), ainda mais longe, completam o grupo dos quatro melhores.

Pela 27ª rodada do Campeonato Italiano, a Juventus volta a campo no sábado para defender sua campanha sem derrotas diante da Udinese, na condição de mandante. Já o Napoli em seu próximo compromisso tenta a reabilitação contra o Sassuolo, fora de casa.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Cristiano Ronaldo interceptou recuo curto de Malcuit e sofreu falta ao tentar driblar o goleiro Meret, que acabou expulso. Com Ospina no lugar de Milik, Pjanic bateu a falta direto e colocou a Juventus em vantagem no marcador.

Em superioridade numérica, a Juventus conseguiu marcar o segundo aos 38 minutos do primeiro tempo. Após cobrança curta de escanteio pela direita, a bola foi levantada na área. Sem ser incomodado, Emre Can não precisou nem pular para desferir cabeçada certeira.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Pjanic foi expulso por tocar a bola com o braço. Animado pelo vermelho, o Napoli diminuiu a vantagem aos 15 minutos, quando Insigne cruzou da esquerda e Callejon explorou as costas de Chiellini para completar.

Aos 38 minutos da etapa complementar, após consultar o VAR, a arbitragem marcou toque de mão do brasileiro Alex Sandro dentro da área. Na cobrança do pênalti, Insigne acertou a trave direita do goleiro Szczesny e desperdiçou a chance de evitar a derrota do Napoli.