Allegri se orgulha por conquista da Juve, e Buffon exalta "título épico"

São Paulo, SP

25-04-2016 16:07:01

A comemoração do 32º título italiano da Juventus se deu de um modo diferente, já que a equipe não entrou em campo e contou com um tropeço do Napoli contra a Roma nesta segunda-feira para garantir a taça. Mesmo assim, o elenco bianconero fez questão de celebrar a conquista histórica, reunindo-se no centro de treinamento de Vinovo.

Em seu Twitter, o técnico Massimiliano Allegri se disse “orgulhoso” da histórica quinta conquista consecutiva, relembrando algumas postagens durante a temporada pedindo “paciência” ao torcedor bianconero após o mau início do time. Nas dez primeiras rodadas, a Juve havia vencido apenas três partidas, empatado três e perdido cinco. Ativo no Twitter, o treinador bianconero fez questão de relembrar suas “profecias”, dizendo que a Serie A era um campeonato de tiro longo e que, cedo ou tarde, sua equipe desencantaria.

“Disse sempre que somente se cresce passando por dificuldades. A respeito do nosso percurso, estou agora ainda mais orgulhoso”, publicou o treinador, que levou o título pela segunda vez em sua segunda temporada na equipe de Turim.

LEIA MAIS:

O capitão Buffon esteve presente em todas as cinco conquistas da Juve desde 2011/12, mas exaltou o fato da conquista desta temporada ter sabor especial pelas dificuldades e críticas enfrentadas pela equipe. Para ele, a atual conquista bianconera é o scudetto "mais belo" conquistado pelo time.

“É um scudetto épico pela importância, visto que é o quinto consecutivo, e pelo modo como viemos, com um crescimento impressionante do qual me orgulho. Esse foi absolutamente o título mais belo, pois foi uma demonstração de força incrível”, disse o goleiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Spaletti ressalta dificuldades para igualar-se à Juve -  O técnico da Roma, que "ajudou" a equipe bianconera na conquista do título com a vitória de 1 a 0 sobre o Napoli, exaltou o feito dos rivais. Para Luciano Spaletti, será difícil diminuir a distância para a Juventus na próxima temporada, mas não impossível.

"Merecemos perder para a Juve, e isso é, em grande parte, minha culpa. Mas eles tem um time incrível e muito forte, não é fácil vencer essa diferença. Você tem que comprar os melhores jogadores, apesar de a Roma estar fazendo bem. Mas você tem que ser objetivo e ter coragem", disse.

Deixe seu comentário