Futebol Internacional/Liga das Nações

Convocação da Itália para enfrentar EUA e Portugal tem dois brasileiros

São Paulo , SP
09/11/2018 14:58:13

Em: Futebol, Futebol Internacional, Itália, Liga das Nações

Continuando o ciclo rumo à Copa do Mundo de 2022, a seleção da Itália foi convocada nesta sexta-feira para os jogos contra Portugal e Estados Unidos. O técnico Roberto Mancini selecionou 27 jogadores para integrar o elenco, incluindo dois brasileiros naturalizados italianos: Jorginho e Emerson Palmieri, ambos do Chelsea.

Volante titular da Azzurra e do Chelsea, Jorginho é peça fundamental na seleção desde sua estreia, em novembro de 2017. O lateral esquerdo Emerson, por outro lado, é reserva do clube inglês e também deve ser reserva de Biraghi ou De Sciglio.

O volante brasileiro Jorginho foi convocado para os próximos jogos da Itália (Foto: Marco Bertorello/AFP)

Em comparação à última convocação, a seleção italiana sofreu várias mudanças, uma delas entre os goleiros. Perin, que vinha sendo muito aproveitado por Mancini, está na reserva da Juventus e não foi convocado. Na defesa, o zagueiro Acerbi, da Lazio, e o lateral direito Criscito, do Genoa, ficaram de fora. No ataque, Giovinco, do Toronto FC, e Zaza, do Torino, não foram lembrados.

Por outro lado, a lista conta com três estreantes. O volante Stefano Sensi, do Sassuolo, e os meias Sandro Tonali, do Brescia, e Grifo, do Hoffenheim (Alemanha), foram convocados pela primeira vez e podem estrear com a camisa da Itália.

Veja também: Cristiano Ronaldo continua fora da seleção de Portugal

O compromisso mais importante da Itália em Novembro será no dia 17, um sábado, quando enfrenta Portugal no San Siro, em Milão, pela Liga das Nações. A Azzurra precisa vencer para não ser eliminada da competição. Três dias depois, na terça-feira (20), o time de Mancini enfrenta os Estados Unidos em amistoso na Bélgica.

Veja os convocados para a seleção italiana

Goleiros: Cragno (Cagliari), Donnarumma (Milan) e Sirigu (Torino)

Defensores: Biraghi (Fiorentina), Bonucci (Juventus), Chiellini (Juventus), De Sciglio (Juventus), Emerson Palmieri (Chelsea), Florenzi (Roma), Romagnoli (Milan) e Rugani (Juventus)

Meio-campistas: Barella (Cagliari), Gagliardini (Internazionale), Grifo (Hoffenheim-ALE), Jorginho (Chelsea), Pellegrini (Roma), Sensi (Sassuolo), Tonali (Brescia) e Verratti (Paris Saint-Germain-FRA)

Atacantes: Berardi (Sassuolo), Bernardeschi (Juventus), Chiesa (Fiorentina), Immobile (Lazio), Insigne (Napoli), Lasagna (Udinese), Pavoletti (Cagliari) e Politano (Internazionale)