Futebol/Bastidores

Presidente e técnico do Inter enaltecem grupo e projetam voos altos

Do correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RJ
03/01/2019 17:38:28

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonato Gaúcho, Futebol, Internacional, Libertadores

O elenco do Internacional retornou às atividades nesta quinta-feira para a temporada deste ano. Durante os discursos realizados pelos dirigentes colorados foi destacado a manutenção do grupo, da direção e da comissão técnica. A meta em 2019 é brigar por títulos já que em 2017 e 2018 a equipe vermelha não conquistou nada.

“Estamos no início do ano e no início de uma nova fase. É o terceiro ano que estamos começando, e acreditamos muito na continuidade do clube. Fora das quatro linhas e também no trabalho feito por este grupo de jogadores. Talvez o principal diferencial, característica, virtude para o início do ano, é a preservação do grupo. Temos a essência do grupo aqui. Temos reforços de jogadores que estão chegando aqui, Neilton, Parade. O acréscimo importante de jovens que vieram formados nas nossas categorias de base. E desejamos a todos, num ano que o Inter tem quatro competições importantes, entraremos em todas com a mesma disposição que entramos no Brasileiro, e vamos brigar em todas pelos títulos”, afirmou o presidente, Marcelo Medeiros.

O Inter se reapresentou nesta quinta-feira (Foto: Ricardo Duarte/SCI)

Por sua vez, o técnico Odair Hellmann promete que o Colorado irá brigar por títulos. “No futebol brasileiro, onde treinadores saem a cada três derrotas, um profissional num clube gigante como este poder permanecer por um ano, renovar o contrato e abrir uma temporada é para poucos e eu sou um privilegiado. Preciso agradecer às pessoas, à direção, aos funcionários do clube, à comissão técnica e, ao mesmo tempo que quero agradecer o grupo de jogadores, quero passar uma mensagem simples, breve e direta, como sempre fomos. Quero desejar a todos um feliz 2019 com paz, saúde. Eu confio nestes caras. São profissionais do alto nível, pessoas especiais, que compraram a ideia do clube, e isso faz a diferença. Eu tenho tranquilidade para iniciar os trabalhos e pensar coisas melhores para nós este ano. Partimos de um estágio diferente de ano passado. Ano passado a gente vinha de um momento perverso que nós todos não merecíamos ter vivido. E precisávamos de pés no chão, humildade para começar uma reconstrução. Porque uma casa não é feita pelo telhado, a porta, a janela. Era com uma base forte. E construímos isso. Hoje eu prometo para o torcedor: vocês terão profissionais dedicados que respeitarão esta camisa, que trabalharão o maior que a competição oferece”.

Sem Leandro Damião, Rossi e Fabiano que ainda pode voltar ao Internacional, mas para isso depende de uma negociação com o Palmeiras. Também foram integrados no grupo oito jogadores oriundos da base e os atacantes Neílton e Guilherme Parede. A primeira partida do Internacional será no dia 20 de janeiro contra o São Luiz, de Ijuí na estreia do Campeonato Gaúcho. O Colorado utilizará um time reserva nos primeiros jogos do Estadual.

Confira o grupo que se reapresentou nesta quinta

Goleiros: Danilo Fernandes, Marcelo Lomba, Keiller, Daniel e Carlos Miguel

Laterais: Zeca, Dudu, Uendel e Iago

Zagueiros: Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Klaus, Emerson Santos, Bruno Fuchs e Roberto

Meio-campistas: Rodrigo Dourado, Charles, Gabriel Dias, Edenilson, Rithely, Nonato, Ramón, Patrick, Juan Alano, Camilo, D’Alessandro, Richard e Sarrafiore

Atacantes: Nico López, Jonatan Alvez, William Pottker, Wellington Silva, Guilherme Parede, Neilton e Pedro Lucas