Internacional sai atrás, mas busca empate com o Ceará pelo Brasileirão

São Paulo, SP

02/07/22 | 21:00

Neste sábado, Ceará e Internacional se enfrentaram pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na Arena Castelão, o time de Marquinhos Santos saiu na frente com Lima, mas a equipe de Mano Menezes garantiu o 1 a 1 com Moisés.

Com o resultado, o Colorado segue na quarta colocação, com 25 pontos, no momento quatro atrás do líder Palmeiras, que joga contra o Athletico-PR ainda neste sábado. Já o Vozão fica na 13ª posição, com 18, três na frente do América-MG, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.


Os donos da casa abriram o placar já aos 19 minutos do primeiro tempo. Iury Castilho foi derrubado por Keiller dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade máxima. Lima foi para a cobrança da marca da cal e mandou para o fundo das redes.

Porém, já aos 23, os gaúchos chegaram ao empate. Taison cobrou falta para dentro da área e encontrou Moisés, que finalizou de cabeça para dentro da meta.

No segundo tempo, aos 18 minutos, o Vozão conseguiu o que seria o segundo gol, após cruzamento de Kelvyn na cabela de Yuri Castilho. Porém, depois de revisão no VAR, o lance o invalidado por impedimento do atacante.

Nos minutos finais, Cadorini, do Inter, ainda foi expulso por pegar no pescoço de Richardson durante discussão.

Na próxima rodada, o Ceará visita o Fluminense, no sábado (09/07), às 19 horas (de Brasília). O Internacional, por sua vez, recebe o América-MG, na segunda-feira (11/07), às 20 horas (de Brasília).

FICHA TÉCNICA:
CEARÁ X INTERNACIONAL

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data: 02 de julho de 2022 (sábado)
Hora: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR-Fifa)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos (ambos PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Richard Coelho, Richardson, Nino Paraíba (CEA); Moisés, Taison, Heitor (INT).
Cartão vermelho: Matheus Cadorini (INT).
Gols:
Ceará: Lima (19min do 1º tempo)
Internacional: Moisés (23min do 1º tempo)

CEARÁ: Vinicius Machado; Nino Paraíba, Messias, Gabriel Lacerda e Victor Luis; Richard Coelho, Richardson (Geovane) e Lima (João Victor); Zé Roberto (Matheus Peixoto), Yuri Castilho e Erick (Kelvyn (Dentinho)).
Técnico: Marquinhos Santos

INTERNACIONAL: Keiller; Heitor, Caíque Rocha, Rodrigo Moledo e Moisés (Maurício); Johnny (Gabriel), Liziero, Caio Vidal, Taison e Thauan Lara (Estevão); Wesley Moraes (Matheus Cadorini).
Técnico: Mano Menezes

 

Deixe seu comentário