Inter vence o Juventude em seu primeiro amistoso de 2015

Do correspondente Vicente Fonseca - Porto Alegre,RS

19-01-2015 20:12:00

O Internacional começou a temporada 2015 com vitória. Jogando nesta segunda-feira no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o Colorado bateu o Juventude por 3 a 1. Os gols foram marcados por Nilmar, Cláudio Winck e Alan Costa. O centroavante Zulu descontou para a equipe dona da casa.

O Internacional começou a temporada 2015 com vitória. Jogando nesta segunda-feira no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o Colorado bateu o Juventude por 3 a 1. Os gols foram marcados por Nilmar, Cláudio Winck e Alan Costa. O centroavante Zulu descontou para a equipe dona da casa.

O técnico Diego Aguirre usou um time em cada tempo. Na etapa inicial, os titulares alinharam com Alisson; Léo, Ernando, Paulão e Fabrício; Nilton, Willians, Aránguiz, D’Alessandro e Alex; Nilmar. Réver e Vitinho, que chegaram tardiamente à pré-temporada, foram poupados. O Juventude entrou com Aírton; Hélder, Douglão, Heverton e Adriano; Alan Schons, Jardel e Wallacer; Tiago, Zulu e Obina.

Os titulares colorados foram melhores que o Juventude nos 45 minutos iniciais. Ao menos cinco chances claras de gol foram criadas antes de Nilmar abrir o placar, aos 41, aproveitando falha da zaga. A partida teve pouco de amistosa: além da grande competividade, houve chegadas ríspidas. Uma delas chegou a render cartão amarelo a D’Alessandro, que derrubou Jardel. No último minuto de jogo, Cláudio Winck e Hélder se estranharam de forma mais forte e acabaram expulsos.

Com Nilmar em ótima forma físicia, Inter não encontrou dificuldades para vencer o primeiro amistoso da temproada diante do Juventude
Com Nilmar em ótima forma físicia, Inter não encontrou dificuldades para vencer o primeiro amistoso da temproada diante do Juventude - Credito: Alexandre Lops/Divulgação/Internacional
No segundo tempo, Aguirre mandou a campo Muriel; Cláudio Winck, Ygor, Alan Costa e Alan Ruschel; Rodrigo Dourado, Bertotto, Taiberson, Valdívia e Eduardo Sasha; Rafael Moura. O Ju veio com a mesma equipe do primeiro tempo. A partida foi mais movimentada na etapa final, quando o calor amenizou. Em três minutos, três chances de gol foram criadas – duas para o Inter, uma para o Juventude.

O segundo gol colorado ocorreu aos 11 minutos: Cláudio Winck bateu falta de longe, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro. Aos 20, Zulu descontou para a equipe da serra, após passe de Wallacer. Mas Alan Costa, aos 33, aproveitou falha do goleiro Aírton ao sair do gol após falta levantada para a área e deu números finais ao placar no Jaconi.

Deixe seu comentário