Futebol/Internacional

Inter exclui do quadro social Vitorio Piffero e Pedro Affatato

Correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RS
14/05/2019 10:39:47

Em: Futebol, Internacional
Vitorio Piffero foi presidente do Internacional no biênio 2015/16 (Foto: Site do Inter)

A Comissão de Ética do Internacional esteve reunida na última segunda-feira e votou pela expulsão por unanimidade do quadro social do ex-presidente Vitorio Piffero e o vice Pedro Affatato, que estiveram à frente da gestão no biênio de 2015-2016. Ambos foram enquadrados por gestão temerária, conforme lei do Profut.

Eles ainda podem recorrer ao Conselho Deliberativo do clube. Já Alexandre Limeira e Emídio Marques, também estavam entre os citados, resolveram deixar o Internacional por espontânea vontade. Piffero acabou sendo defendido por dois advogados, enquanto Affatato não fez uso do seu direito.

Por fim, o estatuto do clube não estipula o tempo que eles devem ficar de fora do quadro social do Inter. A Lei do Profut prevê um afastamento pelo período de 10 anos. Piffero e Affatato tem o prazo de 15 dias para recorrer da decisão.