Gazeta Esportiva

Inter enfrenta desesperada La U para ficar mais perto das oitavas

Do correspondente Vicente Fonseca - Porto Alegre,RS

16/04/15 | 08:00

Depois de quase um mês sem disputar nenhuma partida pela Copa Libertadores, o Internacional voltará suas atenções para sua competição prioritária na temporada nesta quinta-feira. Em Santiago, a equipe do técnico Diego Aguirre visita a desesperada Universidad de Chile com possibilidades de encaminhar sua classificação para as oitavas de final em caso de vitória. A partida ocorrerá no Estádio Nacional, às 22h, horário de Brasília.

Depois de quase um mês sem disputar nenhuma partida pela Copa Libertadores, o Internacional voltará suas atenções para sua competição prioritária na temporada nesta quinta-feira. Em Santiago, a equipe do técnico Diego Aguirre visita a desesperada Universidad de Chile com possibilidades de encaminhar sua classificação para as oitavas de final em caso de vitória. A partida ocorrerá no Estádio Nacional, às 22h, horário de Brasília.

Mas se engana quem pensa que o fato de a Libertadores ser a prioridade colorada deixou o desempenho no Campeonato Gaúcho em segundo plano. Nestes 29 dias de exclusividade de disputa do estadual, Aguirre observou quase todo o elenco, alternando bastante a escalação em jogos na capital e no interior. O time que irá a campo, segundo ele, é o melhor em termos de rendimento de que dispõe o Inter na atualidade.

“É o melhor time do momento para começar. Não é fácil, temos muitas opções e só posso escolher 11. Temos outros jogadores que também poderiam iniciar o jogo”, afirmou o técnico colorado. E haja mudanças: da equipe que começou no empate em 1 a 1 com o Emelec, no dia 18 de março, apenas cinco dos 11 jogadores devem começar o confronto no Chile nesta quinta.

Aguirre poderá contar com o meia D'Alessandro, que esteve de fora da última partida do Inter pela competição
Aguirre poderá contar com o meia D'Alessandro, que esteve de fora da última partida do Inter pela competição - Credito: Alexandre Lops/Divulgação/Internacional

Dos que iniciaram aquele duelo, devem começar em Santiago Alisson, Ernando (improvisado como lateral), Juan, Aránguiz e Eduardo Sasha. Réver, Freitas, Nilton e Alex saem por opção técnica, Léo está lesionado e Fabrício foi negociado com o Cruzeiro. Os seis nomes novos na escalação são Alan Costa, Géferson, Rodrigo Dourado, Jorge Henrique, D’Alessandro e Nilmar (estes dois não atuaram em Manta por estarem lesionados).

A Universidad de Chile também vive dias diferentes em relação àqueles que marcaram seu conturbado início na Libertadores. A última derrota da equipe campeã chilena foi justamente seu último jogo na Copa, 5 a 3 para o Strongest. De lá para cá, três vitórias consecutivas, e consistentes – a última, sábado, por 4 a 0 sobre o Cobreloa. Nesta quinta, a equipe de Martín Lasarte irá com tudo em busca dos três pontos, único resultado que lhe manterá viva na disputa.

“Estamos com muita confiança agora. Temos ido bem, e isso nos deixa contentes”, define o volante Martínez. “Sabemos da qualidade deles. Lá, fizemos um bom jogo, não ganhamos por erros pontuais. Temos confiança em conquistar os três pontos desta vez”, completou o jogador, referindo-se à derrota por 3 a 1 no Beira-Rio para o Colorado, na segunda rodada da fase de grupos.

Com a vitória do Strongest sobre o Emelec, nesta terça, por 1 a 0, o Colorado não tem possibilidades matemáticas de garantir sua classificação já nesta quinta. Porém, ganhando o jogo de La U, assumirá a liderança da chave. O Colorado divide o segundo lugar da chave com o Emelec, com 7 pontos. Os bolivianos têm 9, e os chilenos estão na lanterna, com apenas 3.

No primeiro turno, Sasha marcou oúltimo gol da vitória por 3 a 1 do Inter sobre a La U no Beira-Rio
No primeiro turno, Sasha marcou oúltimo gol da vitória por 3 a 1 do Inter sobre a La U no Beira-Rio - Credito: Alexandre Lops/Divulgação/Internacional

FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD DE CHILE X INTERNACIONAL

Local: Estádio Nacional, em Santiago (CHI)
Data: 16 de abril de 2015, quinta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Silvio Trucco (ARG)
Assistentes: Hernán Maidana (ARG) e Cristián Navarro (ARG)

UNIVERSIDAD DE CHILE: Herrera; Corujo, González, Rojas e Magalhães; Pereira, Martínez, Lorenzetti e Maxi Rodríguez; Ubilla e Canales
Técnico: Martín Lasarte

INTERNACIONAL: Alisson; Ernando, Juan, Alan Costa e Géferson; Rodrigo Dourado, Aránguiz, Jorge Henrique e D’Alessandro; Eduardo Sasha e Nilmar
Técnico: Diego Aguirre

Deixe seu comentário