Com gol no fim, Internacional bate o Coxa no sufoco e respira

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

06-10-2016 21:21:09

Em um jogo tecnicamente fraco mas cheio de drama no Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional fez a festa de quase 35 mil pessoas ao bater o Coritiba por 1 a 0, com um gol de pênalti no final da partida que manteve o time vivo na classificação do Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos, o Colorado saiu, anida que provisoriamente, da zona de rebaixamento, enquanto o Coxa, com seus, 36 pontos, ocupa a 12ª colocação.

O primeiro a tentar arriscar um chute a gol foi o Alviverde, com Raphael Veiga, que chutou da entrada da área para boa defesa de Danilo Fernandes. Aos sete minutos, uma tentativa de jogada ensaiada do Colorado: Rodrigo Dourado cruzou, Ferrareis ajeitou para o meio da área, mas ninguém mais apareceu para completar. Ferrareis tentou o chute, aos 10 minutos, à esquerda da meta.

Mais Inter no ataque, aos 21 minutos, em cruzamento na medida para Ferrareis que, no entanto, perdeu a disputa com Juninho. O Coritiba não conseguia acertar uma sequência de passes, facilitado a retomado do time gaúcho que, por sua vez, parava na defesa coxa-branca. Em campo algumas entradas mais fortes e jogadores se estranhado. A bola simplesmente não rolava. Aos 40 minutos, Coxa no ataque, mas Ceará se recuperou para afastar. Aos 45 minutos, Benitez, sem ângulo, tentou completar a jogada, sem sucesso.


Para a etapa final, nenhuma alteração nas duas equipes. Logo no primeiro minuto, Juninho tentou um lançamento em profundidade para Raphael Veiga, mas a bola correu demais. Aos três minutos, Juan cobrou falta colocada na área, mas ninguém conseguiu completar. Na resposta, aos sete minutos, Ferrareis fez o cruzamento, Benítez desviou pra trás e quase fez gol contra.

Sem conseguir penetrar na defesa alviverde, o Internacional tento chegar na base do chute, com Alex, que bateu colocado e viu a bola carimbar a trave. O técnico Celso Roth apostou nas entradas de Marquinhos e Valdívia. Aos 20 minutos, Valdivia foi ao fundo e cruzou para Seijas, mas Ceará se recuperou para interceptar.

Os dois treinadores mexeram nas equipes, mas o panorama da partida não mudava, com o Colorado mantendo mais a posse, mas sem agredir. Mas, aos 31 minutos, Leandro invadiu a área, foi travado por Ernando e o árbitro anotou a penalidade. Na cobrança, Juan parou nas mãos de Danilo Fernandes.

LEIA MAIS: Herói colorado, Danilo Fernandes dispara: “Não vamos cair nem f…”

O jogo era aberto e, aos 40 minutos, novo pênalti, desta vez para o Inter. Vitinho foi para a cobrança e não desperdiçou, garantindo três pontos importantes ao Colorado.

Na próxima rodada, o Internacional enfrenta o Botafogo, quarta-feira, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro. Já o Coritiba encara o Figueirense, no mesmo dia, no estádio Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 x 0 CORITIBA

Local: Beira Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 06 de outubro de 2016, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Cartões amarelos Ernando (Internacional); Juan (Coritiba)

GOL: Vitinho (de pênalti), aos 41 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Danilo; William, Eduardo, Ernando e Ceará; Dourado, Eduardo Henrique, Seijas (Aylon), Alex (Valdivia) e Ferrareis (Marquinhos); Vitinho.
Técnico: Celso Roth

CORITIBA: Wilson; Benitez, Luccas Claro (Bernardo), Nery e Juninho; João Paulo, Juan e Veiga; Vinicius (González), Leandro e Iago.
Técnico: Paulo César Carpegiani

Deixe seu comentário