Deixando críticas de lado, Lima admite "frio na barriga" em estreia como titular

São Paulo, SP

16-02-2018 10:32:20

Nesta quarta-feira, o atacante Lima fez sua estreia como titular da equipe profissional do Grêmio, logo em uma decisão de Recopa Sul-americana contra o Independiente-ARG. O jogador de 21 anos não conseguiu se destacar nos 53 minutos em que esteve em campo e recebeu algumas críticas após a partida. No entanto, ele garante não se abalar com o que é dito a respeito de seu futebol e diz contar com o apoio dos companheiros e da comissão técnica.

"Normal receber críticas, mas não me abalo. Procuro escutar o professor, a comissão técnica, os jogadores. Críticas fazem parte do futebol. Procuro não ficar olhando o noticiário. O que importa é o que a comissão me passa, o que os jogadores experientes me passam", afirmou o atleta, que revelou ter conversado com Luan, Geromel e Maicon antes do confronto.

Críticas à parte, Lima não esconde a satisfação em ter feito seu primeiro jogo como titular do Tricolor, ainda mais em um duelo tão importante como esse. Sobre o nervosismo, ele reconhece que existe, mas que tudo passa quando encosta pela primeira vez na bola.

"Dá sim um frio na barriga, até dar o primeiro toque na bola, mas isso durante o jogo vai tranquilizando. Quando entramos no aquecimento, já senti o barulho da torcida, mas para mim não fez diferença", contou, em coletiva de imprensa concedida no CT Luiz Carvalho, nesta quinta-feira.

Depois de ganhar suas primeiras oportunidades no Grêmio, integrando o time de transição comandado por César Bueno no início do Campeonato Gaúcho, o camisa 14 vive a expectativa de continuar sendo utilizado pelo técnico Renato Portaluppi. Algo que pode acontecer diante do Veranópolis, no sábado, pelo Gauchão. O Tricolor deve ir a campo com um time alternativo, já que a partida de volta da Recopa é no meio da semana que vem.

Deixe seu comentário