Futebol

Após classificação, Renato alerta: “Só marca história quem ganha título”

Do correspondente Eduardo Bertuol - Porto Alegre , RS
28/07/2017 00:39:57

Em: Brasileiro Série A, Copa do Brasil, Futebol, Grêmio, Notícias

O vitória de virada por 3 a 1 contra o Atlético-PR, na noite desta quinta-feira, na Arena da Baixada, pela partida de volta das quartas de final, garantiu a classificação do Grêmio para a semifinal da Copa do Brasil. O time gaúcho já havia vencido o primeiro confronto pelo elástico placar de 4 a 0. Na soma dos resultados, o Tricolor bateu o clube paranaense pelo placar de 7 a 2. Esta é a 13ª vez que o Grêmio chega nesta fase da competição.

Mesmo jogando com uma equipe mista, o time de Renato Portaluppi voltou a vencer o Atlético. O treinador gremista destacou a maturidade do elenco.“Eu treino um grupo, não uma equipe. Todo jogador tem que estar preparado para dar conta do recado. Este grupo é muito maduro, unido e fechado. O Grêmio está bem nas competições, mas não conquistou nada ainda. O mais importante é vencer o próximo jogo da Copa do Brasil”, afirmou.

O Mosqueteiro Gaúcho vai encarar o Cruzeiro nas semifinais. O sorteio dos mandos de campo das semifinais da Copa do Brasil vai ser realizado nesta segunda-feira, às 11h, na sede da CBF. Os jogos serão nos dias 16 e 23 de agosto. A curiosidade é que o duelo repete o mesmo que aconteceu em 2016 na mesma fase do torneio.

Renato Portaluppi voltou a elogiar seus jogadores, mas evitou o clima de euforia (Foto: Lucas Uebel/GFBPA)

Apesar do time receber muitos elogios da imprensa, o técnico Renato Portaluppi alertou que não basta jogar bem para fazer história, mas é necessário conquistar algo. “No futebol, só marca história quem ganha. Esse grupo é maravilhoso e o que falta para esta equipe é mais um título para entrarem ainda mais na história do clube. Todo mundo está elogiando o Grêmio, mas fica na história quem ganha. O Brasil de 82, acho que foi a melhor Seleção Brasileira que eu vi jogar, mas não ganhou. Então não adianta nada receber elogios e não ganhar”, analisou.

Sobre o que falta no time para ser completo, Renato ressaltou que existem falhas, mas não iria expor para as pessoas. “Me falta bastante coisa, mas só falo pro meu grupo. Não é apenas porque ganhamos que não vejo falhas, mas eu tento corrigir juntamente com os jogadores na hora do vídeo”, observou o comandante gremista.

O atacante Everton entrou no segundo tempo do jogo, marcou o gol da virada do time gremista e fez o passe para o terceiro tento Tricolor. O jogador falou sobre a importância de balançar as redes fora de casa mesmo tendo uma boa vantagem na disputa. “Eu tive a felicidade de entrar bem e fazer o gol. A gente sabia da importância marcar um gol. Nos minutos iniciais, eles foram para cima e conseguiram fazer o deles, mas nós mantemos o foco e, com tranquilidade, conseguimos virar a partida”, avaliou.

O time gaúcho tem pela frente um jogo importante no Campeonato Brasileiro. No domingo, às 19h (de Brasília), na Arena do Grêmio, o Tricolor encara o Santos pela 17ª rodada do Brasileirão. A partida marca um confronto direto entre o segundo e terceiro colocado da tabela.