Goiás vence fora e mantém liderança no Goianão; Atlético-GO não sai do zero em casa

São Paulo, SP

20-02-2016 19:30:55

O líder isolado do grupo A, o Goiás foi até o Estádio Jonas Duarte, em Anápolis, enfrentar o Anapolina e aumentou a diferença para o segundo colocado de seu grupo com a vitória por 3 a 1, gols de Carlos, Raphael Lucas e Wagner. Bruno Morais diminuiu para o time da casa. Os Esmeraldinos agora têm 13 pontos em seis jogos, cinco à frente do Anápolis.

Logo aos 10 minutos, após pressão inicial do Goiás, a equipe da capital abriu o placar com gol de Carlos. Após boa tabela pela ponta esquerda do campo, Wagner cruzou para dentro e a bola atravessou toda a pequena área sem ser interceptada por ninguém da defesa Anapolina. Carlos, livre de marcação, bateu forte no alto direito para afundar as redes do goleiro Toni.

O Goiás seguiu pressionando com Carlos e Wagner levando perigo à meta Anapolina em diversos arremates de fora da área. Os dois jogadores foram os pilares da equipe esmeraldina.

Ainda com grande pressão dos visitantes, o Anapolia conseguiu empatar o marcador aos 34 minutos. Heré foi à linha de fundo e cruzou na medida para Bruno Morais saltar mais que Sueliton e vencer Renan.

Após o gol, a equipe do Goiás diminuiu o ritmo e começou a errar muitos passes, recolocando equilíbrio na partida. No último minuto da primeira etapa, Irlan, volante do Anapolina, deixa o braço em Willian e recebe amarelo. O meia alviverde fica sangrando no rosto.

O segundo tempo começou quente em Anápolis com uma grande chance para cada lado. Toni, do Anapolina, salvou a equipe duas vezes seguidas após bom escanteio do Goiás logo aos dois minutos. No contra-ataque, a dona da casa faz jogada rápida e Bruno Morais para em boa defesa de Renan.

A velocidade de jogo foi substituída por diversas faltas e o jogo voltou a ficar truncado e com poucas chances de gol. O Goiás seguiu não conseguindo transformar sua superioridade técnica em gols e o Anapolina fica tranquilo em seu campo defensivo com perigosas saídas para contra-ataque.

Com pouco espaço em campo, sobram ligações diretas. Aos 27 minutos o goleiro Renan cobrou tiro de meta, Wagner desviou de cabeça e Raphael Lucas encobriu, também de cabeça, o goleiro Toni. 2 a 1 para o time visitante.

Já nos acréscimos, ao 46, o meia Wagner recebeu uma boa enfiada de bola de Juninho, driblou o goleiro Toni e fechou o placar em Anápolis.

O Anapolina agora amarga a penúltima colocação de seu grupo e se distancia da zona de classificação para o mata-mata. A equipe começa a figurar na degola do Goianão.

Atlético Goianiense não aproveita superioridade técnica e não sai do 0 em casa

O também líder isolado do grupo B, Atlético Goianiense, recebeu o Itumbiara no Serra Dourada e não conseguiu marcar: 0 a 0. A equipe, agora com 14 pontos, tem o dobro do vice-líder Aparecidense e mantém a invencibilidade na competição.

Magno Cruz, logo no começo da partida, quase abre o placar para o Atlético. Recebendo passe de Jorginho, o meia chutou forte e a bola passou perto da trave. Com 33ºC no termômetro em Goiânia, o árbitro fez a parada técnica aos 25 minutos para os jogadores se reidratarem.

Com a pausa, o Itumbiara voltou pressionando e Fabiano chegou a marcar para os visitantes desviando uma bola alçada na área. O bandeira, contudo, já marcava impedimento do jogador. A primeira etapa seguiu sem emoção com as duas equipes se arriscando pouco. O calor seguiu castigando no Serra Dourada.

Na segunda etapa, o Atlético voltou mais ligado e ofereceu perigo ao Itumbiara. O zagueiro Gladstone, ex-Palmeiras, desabou após choque, foi retirado para atendimento e saiu de campo substituído por Braga.

Após bom começo de segunda etapa, o jogo esfriou e poucas chances surgiram para as equipes. Aos 43, Magno Cruz cruzou e Gilsinho perdeu uma incrível oportunidade de dar a vitória aos donos da casa. Com cinco minutos de acréscimo, o Itumbiara quase abriu o placar aos 49, mas o chute de Robertinho só tirou tinta da trave atleticana.

Com tranquilidade, Aparecidense derrota o Crac em casa e pula para a segunda colocação do grupo B

Na briga pelo meio de tabela, o Aparecidense recebeu o Clube Recreativo e Atlético Catalano no Estádio Anníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia, e pulou para a segunda colocação do grupo B, na zona de classificação para a próxima fase do Estadual, com o triunfo por 2 a 0.

Em jogo parado, o atacante Careca abriu o placar para a equipe da casa aos 35 minutos da primeira etapa. Logo no começo da segunda etapa, a dona da casa ampliou com gol de Robert.

A equipe agora espera um deslize do Vila Nova em casa, contra o Trindade, neste domingo, para manter a segunda colocação no grupo e encaminhar a classificação para a fase de mata-mata.

Deixe seu comentário