Fluminense vê água no pescoço e Brasileirão volta a ser prioridade

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

15-11-2018 13:21:16

Quando perdeu por 2 a 0 o jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana para o Atlético-PR, o Fluminense passou a manter foco na reação no duelo de volta, previsto para 28 de novembro, no Maracanã (RJ), afinal de contas, um título continental é algo que o clube vem perseguindo em sua centenária história. Assim, o Campeonato Brasileiro foi visto como uma competição a se administrar nos cinco jogos que separavam os dois compromissos com os paranaenses. Porém, passado o empate sem gols com o Sport em casa e a derrota de 3 a 0 para o líder Palmeiras, o Fluminense tem 41 pontos e vê a zona de rebaixamento cada vez mais próxima.

O técnico Marcelo Oliveira e os jogadores já começam a sentir a água batendo no pescoço e por isso mesmo o foco volta a ser o Brasileirão. Na próxima segunda-feira, pela 35ª rodada, o Tricolor recebe o Ceará no Maracanã. Na quinta-feira da próxima semana o choque é contra o Bahia, no Nordeste. No último compromisso antes do embate contra o Furacão, onde pretende usar um time reserva, o representante carioca medirá forças com o Internacional, no Rio Grande do Sul.


"Quando não conseguimos ganhar os nossos jogos e ficamos perto da pontuação de baixo da tabela de classificação, é lógico que a situação preocupa. Nós precisamos voltar a ganhar no Campeonato Brasileiro para termos tranquilidade. O jogo contra o Ceará se tornou uma decisão, pois pode nos dar uma condição melhor de preparação para a Sul-Americana. Ficar na parte de baixo da tabela é ruim e pesado, especialmente pela camisa do Fluminense", disse o técnico Marcelo Oliveira.

Para o duelo contra o Ceará, o Fluminense perdeu o volante Jadson, que foi expulso contra o Palmeiras e terá que cumprir suspensão. Sua vaga é disputada por Aírton e Dodi. Os zagueiros Gum e Ibáñez e o lateral-direito Leo, que apresentam quadro de desgaste muscular, dificilmente estarão aptos para irem a campo. Mal contra o Verdão, o atacante equatoriano Bryan Cabezas deve voltar para o banco de reservas, com Everaldo reassumindo a condição de titular. Dessa maneira, um esboço de time para segunda-feira teria: Júlio César, Igor Julião, Paulo Ricardo, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Aírton (Dodi) e Junior Sornoza; Everaldo, Júnior Dutra e Luciano.

O elenco do Fluminense retornou nesta quinta-feira de São Paulo e os jogadores foram liberados em seguida. A reapresentação acontecerá na manhã desta sexta-feira, quando está prevista uma atividade regenerativa.

Deixe seu comentário