Fluminense leva 3 a 0 do Bayer Leverkusen em estreia nos EUA

São Paulo, SP

15-01-2015 22:17:00

O Fluminense começou a temporada 2015 com uma derrota por 3 a 0 para o Bayer Leverkusen, na estreia do time carioca na Fórida Cup, nos Estados Unidos. Depois de um primeiro tempo de relativo equilíbrio com os titulares em campo, o segundo tempo teve os reservas em campo e os alemães foram muito superiores.

O Fluminense começou a temporada 2015 com uma derrota por 3 a 0 para o Bayer Leverkusen, na estreia do time carioca na Fórida Cup, nos Estados Unidos. Depois de um primeiro tempo de relativo equilíbrio com os titulares em campo, o segundo tempo teve os reservas em campo e os alemães foram muito superiores.

Kiessling, aos 44 do primeiro tempo, Rolfes e Drmic, aos 32 e 33 minutos da etapa complementar, marcaram os gols da partida desta quinta-feira.

O segundo compromisso do Fluminense no torneio será neste sábado diante do Colônia, também da Alemanha, na cidade de Jacksonville.

Início da temporada 2015 do Fluminense foi com um mau resultado nos Estados Unidos
Início da temporada 2015 do Fluminense foi com um mau resultado nos Estados Unidos - Credito: Bruno Haddad/Fluminense F. C.
O jogo - O primeiro tempo de Fluminense e Bayer Leverkusen foi disputado em ritmo quase de treino. Para a equipe brasileira, é o primeiro jogo após as férias do elenco, enquanto os alemães se preparam para retomar a participação no Campeonato Alemão no final do mês.

Por estar em meio de temporada, o Bayer se mostrou melhor fisicamente e mais entrosado do que o Tricolor. Porém, apesar de fazer boa temporada e ocupar a terceira colocação no Campeonato de seu país, o Bayer não mostrou grande qualidade técnica.

Ao contrário do que se esperava, o atacante Fred não entrou em campo. A versão oficial para que o principal jogador do Tricolor assistisse ao duelo das arquibancadas é que Fred e a comissão técnica decidiram priorizar a preparação física neste momento.

Os alemães começaram assustando com um lançamento no primeiro minuto de jogo. Lançamento em profundidade para Bellarabi, mas Cavalieri levou a melhor no duelo e afastou o perigo.

O goleiro tricolor teve novamente trabalho aos 13, em novo lançamento para Bellarabi. Mais uma vez, o arqueiro levou vantagem e ficou com a bola.

O melhor lance do Fluminense na etapa inicial aconteceu aos 32 minutos, quando Lucas Gomes foi lançado e obrigou o goleiro Leno a jogar como líbero para fazer a cobertura da zaga e afastar o perigo.

No final do primeiro tempo, o Bayer pressionou e consegui abrir o placar na cobrança de um escanteio. Bola levantada na área, Guilherme Mattis falhou e permitiu que Kiessling se antecipasse. De cabeça, o atacante alemão mandou para o fundo da rede.

As duas equipes voltaram para o segundo tempo com seus times reservas. O único jogador que retornou foi o volante Spahic, mas ele não demorou a ser substituído. Sem os titulares, o jogo caiu muito de qualidade, mas a superioridade do Bayer ficou mais evidente.

Aos oito, Klever fez grande defesa e salvou o Flu, que só chegou com relativo perigo aos 28. Robert fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, mas o goleiro Yelldell interceptou o lance.

As coisas se complicaram para os brasileiros aos 31, quando Michael tentou cortar um cruzamento e assustou, cabeceando na rede pelo lado de fora. No minuto seguinte, o escanteio foi cobrado, João Filipe não foi na bola, Michael furou, e Rolfes marcou de cabeça.

O Fluminense sentiu o segundo gol alemão. No ataque seguinte, toda a defesa estava perdida na marcação. O Bayer entrou tocando a bola, e Drmic marcou o terceiro.

O Bayer ainda teve duas chances de ampliar. Aos 37, com Yurchenko, que chegou cara a cara com Kléver, mas Klever salvou. O goleiro voltou a brilhar aos 44, em um chute de Brasnic.

Deixe seu comentário