Futebol/Bastidores

Fluminense estreia com derrota nos pênaltis na Copa Flórida

Gazeta Press - São Paulo , SP
13/01/2018 00:28:53

Em: Fluminense, Futebol Internacional
Foto: Divulgação / Florida Cup

No primeiro jogo oficial na temporada, o Fluminense empatou com o PSV por 1 a 1, no tempo normal, mas acabou derrotado na disputa de pênaltis por 5 a 4. A partida foi disputada na noite desta sexta-feira, no Spectrum Stadium, em Orlando, pela Copa Flórida. Com o resultado, o Tricolor das Laranjeiras ficou com um ponto ganho, enquanto o time holandês que encerrou sua participação no torneio, chegou aos três pontos.

O confronto foi equilibrado com uma leve predominância do PSV que criou as melhores chances e saiu na frente com um belo gol de Lammers. No segundo tempo, Abel Braga trocou quase todo o time e viu o Fluminense empatar nos acréscimos com um golaço de Robinho. Nesta segunda-feira, o Fluminense se despedirá da competição enfrentando o Barcelona, do Equador.

O jogo – O PSV começou a partida com mais agressividade. Com mais ritmo do que o Fluminense, o time holandês tentava imprimir velocidade ao jogo, enquanto a equipe brasileira buscava segurar a bola, trocando passes curtos no meio campo.

Aos sete minutos, o brasileiro Mauro Júnior fez boa jogada pela direita, invadiu a área, mas foi desarmado por Maron que desviou o cruzamento para escanteio.
Mauro Júnior era o atacante mais acionado do time holandês e dava muito trabalho para o lateral esquerdo Marlon.

Aos dez minutos, após cobrança de escanteio, Malen, livre na pequena área, cabeceou no travessão. A bola acabou ficando com o goleiro tricolor.
O Fluminense respondeu aos 13 minutos. Após boa troca de passes, a bola ficou com Marlon que cruzou para Henrique Dourado na pequena área, mas a zaga holandesa se antecipou e desviou para escanteio, antes da conclusão do Ceifador.

Aos 15 minutos, Mauro Júnior, da intermediária, tentou encobrir Júlio César, mas o goleiro tricolor se recuperou e conseguiu fazer a defesa. O Tricolor das Laranjeiras encontrava dificuldades para se acertar em campo e o PSV tentava transformar a posse de bola em jogadas objetivas.

Depois dos 20 minutos, o jogo ficou muito truncado, concentrado entre as duas intermediárias e sem qualquer criatividade. Aos 30 minutos, Douglas tentou o lançamento para Marlon, mas o goleiro Room saiu com precisão e ficou com a bola. Aos 37 minutos, o PSV chegou ao ataque com facilidade. Mauro Júnior cruzou e a bola sobrou para Gakpo que bateu. A bola bateu em Sornoza e saiu para escanteio. Aos 41 minutos, o PSV foi premiado com um bonito fol. Lammers recebeu dentro da área, deixou Gum e Gilberto no chão com dribles desmoralizantes e bateu colocado sem chances para Júlio César

O Fluminense voltou modificado para o segundo tempo, mas o PSV seguiu controlando as ações. Aos seis minutos, Gakpo fez boa jogada individual e bateu no canto direito, mas Júlio César fez boa defesa. O Tricolor só apareceu na área holandesa aos 11 minutos, quando o volante Douglas mandou a bomba, mas a bola encobriu o travessão. Dois minutos depois, Gum errou a saída de bola e Gapko tocou para Malen que cruzou para Lundqvist concluir, mas a bola não saiu muito forte e e Julio César fez a defesa. Logo depois, Richard pediu para sair e Abel decidiu promover a estreia do volante Jadson.

Aos 21 minutos, Gakpo foi lançado na esquerda, driblou Gilberto e quando tentou a conclusão, Frazan desviou para escanteio. Abel fez novas substituições com a entrada de vários jogadores revelados em Xerém.
Aos 30 minutos, o PSV trocou quase toda a sua equipe. Um minuto depois, Matheus Alessandro investiu pela direita, mas foi desarmado por Obispo já na pequena área. Quatro minutos depois, Matheus Alessandro voltou a fazer boa jogada pela direita e cruzou para a entrada de Pedro, mas a zaga holandesa desviou para escanteio.

Aos 38 minutos, Lozanno recebeu na área, iludiu Renato Chaves e bateu no canto esquerdo, mas a bola desviou em Frazan e Júlio César se esticou para tocar na bola e desviar para escanteio.
Nos acréscimos, quando o PSV já tocava a bola, esperando o apito final, Robinho acertou um lindo chute no canto esquerdo e deixou tudo igual.

Nos pênaltis, Robinho, Pedro, Jadson e Renato Chaves marcaram e Romarinho desperdiçou a sua cobrança dando a vitória ao PSV por 5 a 4,

FICHA TÉCNICA
PSV-HOL 1(5) X (4)1 FLUMINENSE-BRA

Local: Spectrum Stadium, em Orlando (EUA)
Data: 12 de janeiro de 2018, sexta-feira
Hora: 22h (de Brasília)
Árbitro: Esteban Rosano(EUA)
Cartão Amarelo: Lundqvist, Gakpo(PSV); Gum, Henrique Dourado, Pedro(Flu)
Gols:
PSV: Lammers aos 41 minutos do primeiro tempo.
FLUMINENSE: Robinho, aos 47 minutos do segundo tempo
PSV: Room(Van Osch); Rosario(Hendrick), Luckassen, Obispo e Paal; Rigo(Lozano), Lundqvist(Pereiro) e Mauro Júnior(Maher); Gakpo(Isimat), Lammers e Malen.
Técnico: Phillip Cocu

FLUMINENSE: Júlio César, Gum(Frazan), Reginaldo(Ibañez) e Renato Chaves; Giberto, Richard(Jadson), Douglas(Marlon Freitas), Junior Sornoza(Robinho) e Marlon(Ayrton); Marcos Junior(Matheus Alessandro)(Romarinho) e Henrique Dourado(Pedro)
Técnico: Abel Braga