Futebol/Campeonato Carioca

Presidente do Flamengo estranha acusação de invasão a vestiário

GazetaEsportiva.net - Macaé , RJ -
31/01/2015 21:03:00

Em: Campeonato Carioca, Campeonatos Estaduais, Flamengo, Futebol

A acusação dos jogadores do Macaé de que o vestiário do clube foi invadido por torcedores do Flamengo antes da partida deste sábado gerou estranheza do presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello. O dirigente não mostrou a certeza de que a agressão realmente aconteceu e lembrou que a segurança era responsabilidade do adversário, mandante no jogo no estádio Cláudio Moacyr de Azevedo.

“Achei estranho o fato de bandidos supostamente terem entrado no vestiário pela porta da frente saído pela porta da frente e não terem sido identificados. Não sou especialista em segurança e não vou dar palpite em uma área que não domino. O policiamento é atribuição do mandante e imaginei que estivéssemos em um ambiente seguro”, afirmou o mandatário, ao Sportv.

Antes da partida deste sábado, pela abertura do Campeonato Carioca, o goleiro Ricardo Berna acusou torcedores com camisas de uma organizada do Flamengo de terem invadido o vestiário. O jogador ainda exibiu um ferimento no queixo. Bandeira de Mello, porém, prefere aguardar as investigações.

“Temos de esperar o andamento das investigações para saber se efetivamente houve algum tipo de agressão e se as pessoas que teriam agredido e participado do ato foram do Flamengo, porque pode não ter sido também. Vamos aguardar para não ficar especulando”, completou.