Futebol/Campeonato Brasileiro

Pênalti perdido gera insatisfação no Flamengo

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
13/05/2019 14:09:16

Em: Brasileiro Série A, Flamengo, Futebol, Notícias

O Flamengo venceu a Chapecoense por 2 a 0 no Maracanã e conseguiu um bom resultado no Campeonato Brasileiro. Nem tudo, entretanto, foi alegria durante o jogo. O meia Diego voltou a desperdiçar um pênalti, o que gerou um grande desconforto no Rubro-Negro, a começar pelo próprio jogador.

Na cobrança, Diego bateu muito mal, facilitando a tarefa do goleiro Tiepo. No rebote, o meia tentou uma bicicleta e o arqueiro fez outra defesa, dessa vez, muito bonita.

“Apesar de o goleiro ter sido muito feliz, inclusive no rebote, o pênalti foi mal batido e eu reconheço isso. Agradeço aos torcedores que me aplaudiram, e entendo os que me vaiaram, pois a expectativa da torcida é sempre a melhor possível. O primeiro a me vaiar sou eu mesmo, que me cobro bastante”, disse Diego.

Diego bateu mal o pênalti e mostrou insatisfação com a cobrança (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O técnico Abel Braga admitiu que o jogador não treinou na véspera cobranças de pênaltis.

“O Vitinho treinou, o Tracuo treinou, mas ele não treinou. O Diego treinou cobranças de falta, acertando quatro em seis. O pênalti o jogador se sente bem, com confiança, pega a bola para cobrar. O treinador não chega para o jogador e fala para bater o pênalti de um lado. Ele bate onde tem confiança”, disse Abel Braga.

É possível que a partir de agora Diego não tenha mais autorização para cobrar pênaltis, embora a comissão técnica não tenha confirmado isso.

O elenco rubro-negro participou de um trabalho regenerativo nesta segunda-feira, e nesta terça Abel Braga define a escalação que vai enfrentar o Corinthians na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo de volta entre as duas equipes, que tinha passado para 6 de junho, voltou para 4 de junho para facilitar que os jogadores convocados para a Copa América permaneçam à disposição dos times.