Paulo Pelaipe é demitido por e-mail e gera crise política no Flamengo

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

07-01-2020 13:17:04

Os títulos da Libertadores e Campeonato Brasileiro encheram o torcedor de orgulho dentro de campo. No entanto, fora dele, parece que os dirigentes não estão se entendendo. A notícia da demissão de Paulo Pelaipe, gerente de futebol, agitou os bastidores do Flamengo.

Pelaipe estava de férias e tinha retorno agendado para esta terça-feira, quando deveria assinar a renovação de seu contrato e daria uma entrevista junto com Marcos Braz, vice de futebol, e o diretor Bruno Spindel. No entanto, nesta segunda-feira, o dirigente recebeu um e-mail do RH do clube informando da sua demissão.

Tanto Braz quanto Spindel não foram informados da decisão, que teria sido tomada pelo vice de relações exteriores Luiz Eduardo Baptista, conhecido como Bap. A divulgação da demissão do gerente de futebol fez a diretoria cancelar a entrevista, que aconteceria após a reapresentação de parte do elenco.

Nesta terça-feira, Pelaipe emitiu uma nota de despedida do Flamengo. Nela, ele agradece a Marcos Braz, Bruno Spindel e o técnico Jorge Jesus, mas ignora Bap.

Agora, o Flamengo deve viver dias agitado nos bastidores, com uma briga por poder dentro do futebol rubro-negro.


Confira a nota de Paulo Pelaipe na íntegra:

Depois de uma temporada completa no CR Flamengo quero me dirigir ao presidente Rodolfo Landim, ao vice de futebol Marcos Braz, ao diretor-executivo Bruno Spindel, ao técnico Jorge Jesus, funcionários e aos torcedores para agradecer pela oportunidade de retornar ao clube pela segunda vez. Ontem (6 de janeiro), para minha surpresa, fui comunicado que está cancelada a renovação de meu contrato, que havia sido feita em dezembro, logo após as conquistas da Libertadores e do Brasileiro.

Na primeira passagem, quando assumi o cargo sabendo do desafio, com muito sacrifício, foram conquistados os títulos da Copa do Brasil de 2013 e o Carioca de 2014.

Agora em 2019 foram mais três conquistas: o Carioca, o Brasileiro e a Libertadores.

Ver o amor dessa torcida e sua capacidade de empurrar o time me comoveu todas as vezes, isso ficou claro na enorme torcida que foi até o Peru, na decisão da Libertadores, e em Doha no Mundial.

Levo para sempre comigo os exemplos de incentivo e carinho que recebi dos profissionais e funcionários, com quem tive a oportunidade de trabalhar e dessa torcida fantástica.

Quero fazer um agradecimento especial ao Marcos Braz, que em dezembro de 2018 me convocou para assumir o cargo no Flamengo e com quem tive uma relação de muito respeito e profissionalismo.

Sou testemunha da devoção que o Marcos Braz tem pelo Flamengo, deixando sua vida pessoal e se dedicando em tempo integral ao clube e asseguro que em momentos delicados suas atitudes demonstraram sempre muita firmeza na condução do grupo e do trabalho.

Quando sugeri ao Marcos Braz a contratação do técnico Jorge Jesus, ele confiou na minha indicação e isso foi determinante para o sucesso da vinda do Mister e tudo deu muito certo, o trabalho desenvolvido pelo treinador e os resultados demonstram isso.

Saio com a certeza de ter cumprido meu papel e agradeço pela oportunidade.

Boa sorte ao CR Flamengo!!!

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário