Marcos Braz comenta saída de Pelaipe do Flamengo e rebate Jorge Jesus

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

08-01-2020 10:40:04

A saída do gerente de futebol Paulo Pelaipe mexeu com a estrutura política do Flamengo. O vice de futebol Marcos Braz era contra a saída do profissional, mas minimizou a crise dentro do clube.

Marcos Braz comentou a respeito da saída de Paulo Pelaipe (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

"Não fomos avisados. Pedimos a renovação em dezembro, mas não foi possível. Tinha uma relação muito boa com o Pelaipe. Não vou atribuir a A, B, C. Não vou falar nomes. Minha relação com o presidente é boa. Não tenho nenhum desconforto", explicou.

Braz ainda confirmou que houve uma conversa com o presidente Rodolfo Landim.

"Não me incomodei com absolutamente nada neste processo. Eu soube que não foi possível. Conversei com o presidente depois da decisão. Foi muito boa, mas vai ficar entre nós", completou.

O dirigente subiu o tom ao falar das críticas do técnico Jorge Jesus sobre o valor da possível venda de Reinier ao Real Madrid. O português achou baixo os 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 136 milhões) que os espanhóis devem pagar pelo meia de 17 anos.

"Quando trouxemos o Jorge, acreditávamos no trabalho dele. Só que na parte financeira não preciso dele para fazer essa análise. Ele tem a visão dele, que eu não vou discutir", comentou.

A primeira parte do elenco do Flamengo, que se reapresentou nesta terça-feira, vai trabalhar nesta semana visando o início do Campeonato Carioca. O técnico Jorge Jesus retorna ao Rio de Janeiro na próxima semana. Os jogadores que disputaram o Mundial de Clubes só voltam aos treinos no dia 22 de janeiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário