Flamengo muda planejamento e jogará Carioca com equipe titular

São Paulo, SP

08-01-2016 23:39:15

 

O Flamengo mudou o planejamento para o Campeonato Carioca a anunciou por meio de nota oficial, nesta sexta-feira, que disputará o Estadual com a equipe titular. Inicialmente, a intenção do Rubro-Negro era colocar um time alternativo para participar da competição, formado principalmente por jogadores da base, dando prioridade à Primeira Liga.

No comunicado, a diretoria flamenguista explica que a mudança foi motivada pelo acordo comercial que o clube tem com a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Carioca, firmado em 2010 e com encerramento previsto para este ano.

Apesar de ter de alterar a programação, o Flamengo fez questão de explicitar que segue não compactuando com a maneira de a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ) gerir o futebol carioca e reiterou a posição de permanecer lutando por melhorias na entidade estadual.

Veja abaixo a íntegra da nota oficial divulgada pelo Flamengo

Desde o início da primeira gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello, o C.R. Flamengo tem marcado firme posição oposta às práticas e aos métodos de gestão da FERJ. Em virtude de tal posicionamento e do flagrante e injustificável desrespeito ao qual o clube foi submetido por ocasião do Conselho Arbitral de 30/01/2015, o C.R. Flamengo decidiu não disputar o Campeonato Carioca 2016 com seu elenco principal, salvo se a FERJ acatasse o conjunto de reivindicações que o C.R Flamengo e o Fluminense FC explicitaram por ocasião do processo de reeleição da atual diretoria da entidade e através de nota publicada no dia do citado Conselho Arbitral. Outra hipótese em que o C.R Flamengo admitiria recuar no propósito de não utilizar seu elenco principal seria no caso de uma determinação em contrário por parte dos detentores dos direitos de transmissão da competição.

O posicionamento do C.R Flamengo foi amplamente discutido com a Rede Globo ao longo do ano de 2015, sem que houvesse por parte desta qualquer determinação em contrário. Era objetivo do C.R Flamengo garantir aos nossos parceiros comerciais uma programação esportiva ao longo do período de disputa do Campeonato Estadual que compensasse qualquer eventual prejuízo que pudesse ser causado pela utilização de um elenco alternativo na competição.

Entretanto, nesta sexta-feira, 8 de janeiro, o C.R. Flamengo recebeu comunicado formal da Rede Globo determinando que a posição adotada pelo clube fosse revista, com fundamento no contrato de transmissão do Campeonato Estadual assinado pela FERJ e pelos clubes em 2010 e que se encerra neste ano de 2016.

Portanto, em respeito a um acordo comercial previamente firmado e à constante determinação do C.R. Flamengo em evitar constrangimentos e/ou prejuízos aos nossos parceiros, informamos que, ao contrário do que havia sido comunicado, o C.R Flamengo disputará o Campeonato Carioca de 2016 com seu elenco principal. Esta nova realidade, apesar dos transtornos ao Departamento de Futebol, que em seu planejamento para 2016 dimensionou o elenco de forma a competir em duas frentes paralelas, não acarretará conflito com a determinação de utilizar o elenco principal também na Primeira Liga.

Reiteramos que tal medida se deve exclusivamente ao relacionamento comercial entre o clube e a Rede Globo, não significando em absoluto que o C.R. Flamengo valide o papel que a FERJ vem desempenhando à frente do futebol do estado do Rio de Janeiro. Em nosso entendimento, a falta de transparência, as já conhecidas falhas de organização e os demais desmandos praticados por aquela instituição nos últimos anos seguem prejudicando o desenvolvimento do futebol no estado e não contam com o apoio do C.R. Flamengo.

Ao contrário, nosso propósito continua o mesmo e os interesses da Nação Rubro-Negra certamente serão salvaguardados nos termos do contrato de televisionamento do Campeonato Estadual que passará a vigorar a partir de 2017.

Agradecemos aos torcedores e a todos que sempre apoiaram o nosso posicionamento e declaramos que o C.R. Flamengo, apesar do retrocesso que o respeito ao contrato firmado nos impõe, continuará a lutar pelas melhorias que o futebol carioca há muito necessita e merece.

Deixe seu comentário