Futebol/Futebol Italiano

Pezzela relata medo durante luta contra coronavírus: “Você nunca sabe o que pode acontecer”

São Paulo , SP
08/04/2020 16:46:09 — 08/04/2020 16:48:59

Em: Campeonatos, Fiorentina, Futebol, Futebol Internacional, Futebol Italiano, Gazeta Press, Notícias, Times

O argentino Germán Pezzela, zagueiro da Fiorentina, conseguiu se recuperar do coronavírus no último domingo após ser diagnosticado com a doença no dia 14 de março. Nesta quarta-feira, o atleta contou ao jornal argentino Olé sobre os momentos de tensão que viveu durante o tratamento.

“Dá um medo, para dizer o mínimo, pensar: ‘Amanhã eu vou acordar sem poder respirar, vou estar com complicações ou não?’ Você nunca sabe o que pode acontecer. Tentei ir com calma para não transmitir medo às pessoas que amo. Mas internamente, quando você está na cama, olhando para o teto e começa a pensar ou ler notícias, diz: ‘eu estou com esse vírus, vamos ver de que maneira isso afeta’. Sendo atleta, você também tem medo de que tenha alguma sequela nos pulmões”, afirmou.

Germán Pezzela conseguiu se recuperar do coronavírus (Foto: Divulgação)

Pezzela ainda destacou que não queria que o clube divulgasse sua contaminação pelo coronavírus, para não preocupar sua família. “Foi difícil. Pessoalmente, durante esse período, era complicado falar sobre isso por causa da mensagem que eu poderia enviar. Não queria deturpá-la. Meu pai e minha esposa me perguntavam ‘como você está hoje?’ sempre que eles se levantavam. É um dia a dia em que não se sabe. Eu já passei por um milhão de situações durante todo esse tempo, mas é difícil entender a dimensão das coisas. Felizmente, já passou”.

O zagueiro também ressaltou o alívio que sentiu quando descobriu que havia se recuperado, apesar de o momento não contribuir muito para isso. “Foi um alívio, sim, mas o momento que estamos passando não ajuda muito a me sentir assim. Eu me sentia bem, mas é difícil ficar tranquilo quando você não tem a confirmação, porque você não sabe até que ponto você está curado ou não”.

Além dele, os atacantes Patrick Cutrone e Dusan Vlahovic se recuperaram do coronavírus. O clube apresenta ainda cinco funcionários infectados pela doença.

Ads – Rodapé Posts