Ayrton lamenta resultado e minimiza críticas da torcida

São Paulo, SP

03/07/16 | 22:32

Ayrton lamentou dificuldade da equipe para fazer o gol da vitória (Foto: Luiz Henrique/Figueirense)
Ayrton lamentou dificuldade da equipe para fazer o gol da vitória (Foto: Luiz Henrique/Figueirense)

O Figueirense ficou no empate em 1 a 1 com o Atlético-MG neste domingo, no Orlando Scarpelli, e conseguiu manter sua invencibilidade como mandante no Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, a equipe, que não vence há quatro jogos e está próxima à zona de rebaixamento, não foi poupada das críticas da torcida.

Na saída de campo, o lateral direito Ayrton falou sobre os protestos dos torcedores e comentou a atuação da equipe do Figueirense. "Em qualquer time tem cobrança, aqui não é diferente. Temos que brigar e lutar pelo resultado. Tentamos hoje na força, na vontade e na superação, mas não conseguimos fazer o segundo gol. Ficamos com o empate. Não foi o resultado que queríamos. Queríamos vencer dentro de casa, mas sabemos da dificuldade que é o Campeonato Brasileiro. Jogos difíceis, um jogo atrás do outro, e esse jogo não foi diferente. Então temos que continuar focados, buscando sempre jogar para cima, principalmente para conseguir pontos e conquistar vitórias", afirmou, em entrevista ao Sportv.

O resultado deixou o Figueirense em uma situação muito complicada. Isto porque, caso o Sport consiga a vitória diante do Palmeiras nesta segunda-feira, a equipe catarinense termina a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro na zona de rebaixamento.

O Figueira volta a campo pelo torneio somente no próximo domingo, enfrentando o Grêmio, fora de casa. Antes, a equipe catarinense recebe o Sampaio Corrêa, no Orlando Scarpelli, em jogo que vale vaga para enfrentar a Ponte Preta na terceira fase da Copa do Brasil. Com vantagem por ter vencido o duelo de ida por 2 a 1, o Figueirense entra em campo para confirmar sua classificação diante de seu torcedor.

 

Deixe seu comentário