Futebol/Campeonato Catarinense

Argel Fucks não acredita em favoritismo do Figueirense no Estadual

Beatriz Cesarini, especial para a GE.Net - São Paulo , -
30/01/2015 00:16:04

Em: Campeonato Catarinense, Campeonatos, Figueirense, Futebol, Região Sul

Melhor catarinense do Campeonato Brasileiro da temporada passada e campeão do Estadual de 2014, o Figueirense pode ser considerado o favorito a levantar a taça da competição regional pela segunda vez consecutiva. Não é o que pensa o técnico Argel Fucks. Em entrevista à Gazeta Esportiva.net, o treinador acredita que o Alvinegro não é o mais forte e está equiparado com outros times, como Avaí e Chapecoense.

“Não acho que o Figueirense seja o favorito. É apenas um dos candidatos ao título, junto com Joinville, Chapecoense, Avaí e Criciúma. Trabalhei nas outras casas (Joinville, Avaí e Criciúma) e sei o quanto é difícil. Tirando o Campeonato Paulista, o Catarinense será o mais disputado do Brasil”, declarou o comandante do Figueira, que disse que a competição regional sempre conta com algumas zebras.

Campeonato Catarinense é parâmetro para a Série A, diz presidente do JEC

De olho no título, Chapecoense irá disputar o Estadual “por etapas”

Em alta, Geninho sonha grande com o Avaí sem descartar retorno aos grandes

Entenda o regulamento e veja as possíveis zebras do Catarinense 2015

“Além dos cinco postulantes ao título, sempre aparecem duas surpresas. O Inter de Lages se reforçou bastante (trouxe Fernando Henrique, Marcelinho Paraíba e Reinaldo), e Metropolitano, Marcílio Dias e Atlético de Ibirama vêm fortes também…”, acrescentou o técnico.

Recém-contratado, o lateral Juninho não poderá atuar pelo Figueira por quatro a seis meses
Recém-contratado, o lateral Juninho não poderá atuar pelo Figueira por quatro a seis meses – Credito: Reprodução/Instagram
O Campeonato Catarinense tem quatro equipes presentes na Série A do Brasileirão – Avaí, Chapecoense, Figueirense e Joinville – e uma na Segunda Divisão – Criciúma. Todos os jogos entre esses clubes são considerados de grande rivalidade. para o técnico Argel Fucks, isso faz a competição estadual de Santa Catarina se tornar uma preparação importante para a liga nacional. “É uma grande vitrine. Além disso, apresenta um clássico a cada rodada. Portanto, necessitamos de um time competitivo, copeiro”, afirmou.

Neste ano, o Alvinegro não fez muitas contratações e perdeu alguns atletas importantes para o plantel. A diretoria anunciou apenas cinco reforços, mas que, segundo o comandante do Figueira, são valorosos.

“Não existe um reforço que se destaque mais. Foram contratações pontuais, importantes. Mantivemos 90% do elenco de 2014. Perdemos peças importantes, como Tiago Volpi (goleiro) e Pablo (atacante), mas trouxemos Ricardinho (Criciúma), Fabinho (América-RN), Ferron e Juninho (Palmeiras)”, analisou.

Apesar disso, durante o Estadual, o Figueira contará com apenas quatro das cinco novas contratações. Isso porque Juninho já sofreu uma grave lesão durante a pré-temporada. “Nós o perdemos por quatro ou cinco meses, por causa de uma entrada que ele sofreu, no amistoso contra o Guarani de Palhoça. É uma grande pena, pois é um atleta muito querido e identificado com o clube. Fez toda sua base aqui no Figueirense”, disse.