Polivalente, Allano espera novas chances após ser titular no clássico

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

31-03-2016 08:00:16

Bastante utilizado no ano passado, Allano tem recebido poucas chances em 2016 (Washington Alves/Light Press)
Segundo Allano, Deivid tem o incentivado a buscar novas posições em campo  (Washington Alves/Light Press)

Bastante utilizado no segundo semestre do ano passado, quando disputou 17 partidas, sendo dez como titular, o meia Allano ainda busca ganhar o seu lugar ao sol no elenco comandado pelo técnico Deivid. Neste ano, o jovem armador atuou em apenas quatro jogos, saindo do banco de reservas em duas delas.

Com poucas chances na equipe, Allano, contudo, acabou ganhando a oportunidade de atuar como titular no clássico do último domingo, quando o Cruzeiro bateu o rival Atlético-MG por 1 a 0, no Independência. O jovem meia teve boa atuação, mostrando versatilidade para desempenhar funções tanto na defesa, quanto no ataque. E é exatamente na polivalência que o jogador aposta, a fim de conseguir um lugar de maior destaque no elenco cruzeirense.

"O Deivid vem falando que no Brasil faltam jogadores polivalentes, que jogam em três, duas posições. Lá fora têm muitos jogadores que fazem isso. Estou procurando ajudar. O Deivid já me conhece desde as categorias de base e tem me ajudado a trabalhar no dia a dia. Espero poder ajudar durante o ano”, colocou.

Antes de enfrentar o Atlético-MG, Allano havia sido titular, em 2016, apenas na vitória sobre o Rio Branco-ES, no primeiro compromisso da Raposa no ano. De lá para cá, o armador tem ficado, inclusive, fora da lista de relacionados de várias partidas, contudo, a participação no clássico deu "vida nova” ao meia, que fica na expectativa para repetir a sequência de jogos da última temporada.

Bastante utilizado no ano passado, Allano tem recebido poucas chances em 2016 (Washington Alves/Light Press)
Bastante utilizado no ano passado, Allano tem recebido poucas chances em 2016 (Washington Alves/Light Press)

“Sempre é bom jogar, estar participando. No começo do ano, fui relacionado contra o Criciúma, depois disso fiquei um tempo sem ser relacionado. Agora, tive nova oportunidade. Estou com uma expectativa enorme de voltar a entrar mais nos jogos, começar a jogar, como foi no jogo passado, mas sei da dificuldade, da concorrência dos companheiros da minha posição”, salientou.

Passado o clássico, Allano e o elenco cruzeirense voltam as suas atenções para o duelo do próximo domingo, contra o Guarani-MG, às 16h (de Brasília), no Mineirão. Restando duas rodadas para término da primeira fase do Estadual, o Cruzeiro está liderança e a seis pontos do segundo colocado, Atlético-MG, de forma que um empate diante do Bugre garante a Raposa em vantagem para a sequência da competição.

“Sabemos que temos a liderança do Campeonato Mineiro e sabemos da importância da próxima partida, então é manter o foco para este próximo jogo”, destacou Allano.

Deixe seu comentário