Futebol/Bastidores

Motivado, Tinga sonha com Libertadores para fechar ciclo no Cruzeiro

Do correspondente Wanderson Lima - Belo Horizonte , MG -
20/01/2015 10:28:00

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonato Mineiro, Cruzeiro, Futebol, Libertadores, Região Sudeste

Para a temporada 2015, o técnico Marcelo Oliveira vai contar com a volta de um atleta que é motivo de inspiração para todo o grupo cruzeirense. Tinga tem se mostrado totalmente recuperado da fratura que havia sofrido na fíbula e na tíbia da perna direita, em agosto do ano passado, e aos 37 anos, disse estar com a gana de um menino em início de carreira.

“Por incrível que pareça, a dor de uma fratura pode nos motivar ainda mais. Talvez essa passagem que eu tive, por nunca ter ficado tanto tempo parado, me fez pensar em algumas cosias que nunca havia pensado na minha vida. Hoje estou como um cara de quem está começando a jogar. Quando se começa, não tem medo de nada. Tenho felicidade até quando participo de um treino físico”, declarou.

Tinga se recuperou de uma fratura ocorrida em agosto de 2014
Tinga se recuperou de uma fratura ocorrida em agosto de 2014 – Credito: Divulgação/Cruzeiro

Com a camisa da Raposa, o volante disputou 65 partidas e marcou dois gols. Em quase três anos de Cruzeiro, o atleta participou da conquista de dois Campeonatos Brasileiros e um Mineiro. Apesar desses três títulos, o volante afirma que ainda não está satisfeito, e revelou o desejo de vencer a Libertadores. Para Tinga, essa seria uma forma de retribuir o apoio que recebeu da torcida.

“Seria uma realização completa da minha vida, nos últimos meses de contrato poder ganhar uma Libertadores, principalmente em um clube que, nos meus piores momento, recebi um carinho como se tivesse dentro do campo. Sou grato demais à torcida do Cruzeiro e isso não é da boca para fora. Quem está perto sabe o quanto me dedico às coisas internas. Ter entrega dentro de campo para alcançar as vitórias é a única maneira que a gente tem de retribuir esse apoio do torcedor. Se eu conseguisse ser campeão da Libertadores pelo Cruzeiro, me daria por satisfeito”, disse.