Gilvan aponta perfis semelhantes entre Thiago Scuro e Alexandre Mattos

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

30-09-2015 22:49:20

Em março de 2012, o Cruzeiro anunciava Alexandre Mattos como novo diretor de futebol. Na época com 35 anos, o jovem dirigente ocupara o mesmo cargo no América-MG por seis anos e chegava rodeado por dúvidas em um clube que por muito pouco não foi rebaixado em 2012. A história, no entanto, mostrou que a aposta deu certo e, com Mattos, a Raposa se sagrou bicampeã brasileira, em 2013 e 2014.

Vitorioso, o dirigente deixou o clube no início do ano seguinte e, desde então, o clube não encontrou a pessoa certa para a gestão do futebol celeste. Isaías Tinoco, no alto dos seus cabelos brancos, chegou a exercer a função, mas, com uma passagem relâmpago, deixou o clube no final de agosto.

Assim, as fichas recaíram novamente sobre um profissional jovem, com trabalhos de alto nível em clubes menores. Apresentado como novo diretor de futebol do Cruzeiro nesta quarta, Thiago Scuro, 33 anos, ganhou destaque pelo que fez como gerente de futebol no Audax-SP, Audax-RJ e, por fim, no Red Bull Brasil. As semelhanças com a contratação de Mattos, em 2012, são notórias e o presidente da Raposa, Gilvan de Pinho Tavares, reconhece que vê em Scuro o mesmo perfil observado no antigo diretor do clube.

“Vejo sim (semelhanças). Quando nós optamos pela vinda do Alexandre Mattos, enxerguei no Alexandre as características que vimos no Thiago. Esperamos que ele tenha o mesmo comportamento, o mesmo dinamismo. A gente, com o tempo de vida que tem, tem experiência suficiente para dosar esse comportamento e o temperamento de pessoas jovens como ele, que tem que ser atirados, como são os jovens, para chegar aos seus objetivos. Eu e o Bruno (Vicintin, vice de futebol, vamos saber dosar o comportamento do Thiago, assim como fizemos com o Alexandre Mattos”, comentou o mandatário celeste.

Desde os 21 anos trabalhando dentro do futebol, Thiago Scuro teve o seu trabalho no cenário paulista elogiado, inclusive, por Alexandre Mattos, hoje diretor de futebol do Palmeiras, que lhe conferiu as melhores referências ao clube celeste.

“Agradeço ao Alexandre pelas palavras. Sem dúvida nenhuma me dá uma condição melhor para chegar ao clube, porque é um cara teve muito sucesso aqui. Pouco a pouco vou conhecer o clube, as pessoas de uma forma melhor para que assim todos possa confiar em mim”, colocou Scuro.

Gilvan espera que Thiago Scuro contribua na revelações de novos jogadores (Washington Alves/Light Press)
Gilvan espera que Thiago Scuro contribua na revelação de novos jogadores (Washington Alves/Light Press)

Categorias de base – Em meio ao momento financeiro complicado vivido pelo Cruzeiro, a diretoria volta os seus olhos para as categorias de base. Segundo o presidente Gilvan de Pinho Tavares, o bom trabalho na formação de atletas feito por Thiago Scuro no Red Bull Brasil também serviu de prerrogativa para que executivo assumisse a direção de futebol celeste.

“Quando ele trabalhava em clubes de potencial menor, era necessário que trabalhasse com jovens da base. É o que pretendemos que ele faça no Cruzeiro, porque ele montou um time no Red Bull voltado para a base e conseguiu a subida do clube para a primeira divisão do Campeonato Paulista. A gente sabe que, no Cruzeiro, vão subir jogadores com grande potencial e com as características que necessitamos, sendo eles praticamente torcedores do clube”, destacou Gilvan que teve a sua opinião corroborada por Scuro.

"Acredito que essa é uma das razões para eu estar aqui. Tenho uma visão de formação de atletas, vi grandes jogadores começarem com 14 e 15 anos e chegarem a um altíssimo nível. A categoria de base do Cruzeiro tem um nível muito alto, entre as três melhores do Brasil, na minha opinião. Será importante investir na base, não por ser barato, mas pela qualidade”, enfatizou o diretor.

Deixe seu comentário