Deivid pede calma com Sánchez Miño e destaca evolução de De Arrascaeta

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

29-02-2016 21:11:43

O futebol irregular e nada convincente do Cruzeiro neste início de temporada começa a fazer com que as críticas ao técnico Deivid ricocheteiem nos jogadores do plantel celeste. Ainda sem mostrar o futebol que lhe é esperado, o argentino Sánchez Miño, contratado para este ano, já encontra algumas restrições por parte da torcida cruzeirense, que ainda espera uma boa atuação do gringo.

Admirador do futebol do camisa 7, o técnico Deivid entende que Sánchez Miño ainda crescerá de desempenho com a camisa cruzeirense e vê com naturalidade a oscilação do argentino em seus primeiros meses na Toca da Raposa.

“É um jogador que está em adaptação ainda no Brasil. Eu passei por isso quando joguei fora e tem que ter calma com ele. Claro que ele vai fazer um jogo belíssimo e no outro ele pode não jogar tão bem, mas isso faz parte, ele oscilar. Tem que ter paciência, calma com ele, ainda está se adaptando, tem um mês e meio que ele está no nosso país. É um baita de um jogador e tenho certeza que pegando o ritmo ele vai se encaixar na nossa filosofia”, salientou o treinador, que também comentou sobre a irregularidade vivida por quase todo o elenco celeste.

“Isso já estava no nosso planejamento, ter esta oscilação. São cinco rodadas do Campeonato Mineiro e queria que o time estivesse voando, mas infelizmente temos jogadores que ainda estão se adaptando ao clube e ao nosso país. Temos que dar um pouco mais de tempo para que eles possam treinar, estar mais à vontade a cada dia, para que possamos ter o time jogando o ideal”, acrescentou.

Em ascensão, uruguaio balançou as redes nos últimos três jogos da Raposa (Washington Alves/Light Press)
Em ascensão, uruguaio balançou as redes nos últimos três jogos da Raposa (Washington Alves/Light Press)

Em meio ao despenho inconstante do Cruzeiro neste começo de ano, o uruguaio De Arrascaeta parece ser um dos pouco jogadores do elenco que tem crescido de rendimento com Deivid. Autor de três gols nos últimos três jogos, o camisa 10 foi bastante elogiado pelo técnico celeste, que toma a recuperação do jogador como exemplo para outros atletas que não vivem um bom momento na Raposa.

“A gente fala muito no empate, no 1 a 1, no 1 a 0 que nós ganhamos, mas esquecemos da evolução do De Arrascaeta, que era muito cobrado quando chegou. Tinha uma responsabilidade muito grande e nós conseguimos recuperá-lo. Isso é muito bom. Como nós conseguimos recuperar ele, têm outros que também estamos trabalhando, conversando para que eles possam estar à vontade, apresentarem um bom futebol e ficarem mais soltos, felizes a cada jogo para ajudarem o Cruzeiro”, destacou.

Deixe seu comentário