Caso Ábila: negociação dá problema e argentino pode voltar ao Cruzeiro

Marcellus Madureira - Belo Horizonte,MG

24-07-2017 23:25:29

Entre Cruzeiro, Ramon Ábila e Boca Júniors está tudo certo: bases salariais e negociação. O Boca mandou um atleta ao time celeste e assumiu a dívida azul pelo jogador junto ao ex-clube. A outra parte envolvida, o Huracán, no entanto, resolveu colocar água no chopp de todo mundo e o argentino pode voltar para a Raposa.

Em 2016, quando o Cruzeiro contratou Ramon Ábila, firmou vínculo garantindo até dezembro daquele ano a compra dos 50% dos direitos econômicos do atleta. Uma cláusula do documento, porém, garantia que, no fim de 2017 a Raposa teria de ser obrigada a comprar o restante do passe de Ábila junto ao Huracán.

E é justamente neste ponto que existe o problema. Na negociação inicial, entre Cruzeiro, Boca e Ábila, o clube argentino firmou que pagaria o restante da dívida do Cruzeiro - vencida há mais de seis meses - cerca de R$4,6 milhões. Além disso, o Boca liberou o jovem Messidoro para a Raposa por empréstimo.

O Huracán, entretanto, quer que o Boca faça valer no fim de 2017 o contrato que o Cruzeiro tinha assinado antes, arcando com a compra dos outros 50% do passe do jogador. Tudo segue em aberto, mas, informações vindas da Argentina, confirmam que o desfecho positivo fica cada vez mais difícil.

Para facilitar o negócio entre as partes, o Boca tinha decidido emprestar o jogador para o Huracán. No entanto, o atleta não deseja retornar ao ex-clube. Já a comissão técnica do El Globo não faz questão de contar com seu antigo jogador.

Deixe seu comentário