Apresentado, Bryan celebra volta ao Cruzeiro e lembra passagem por Portugal

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

17-05-2016 10:50:43

Bryan chegou a atuar pela base celeste em 2004; lateral assinou por três temporadas (Pedro Vilela/Light Press)
Bryan chegou a atuar pela base celeste em 2004; lateral assinou por três temporadas (Pedro Vilela/Light Press)

Terceiro reforço celeste para o Brasileirão, o lateral-esquerdo Bryan foi apresentado oficialmente nesta terça-feira na Toca da Raposa II. Destaque do América-MG na conquista do Campeonato Mineiro deste ano, o jogador de 24 anos definiu a transferência para o Cruzeiro como a confirmação do bom momento vivido na carreira e salientou a satisfação de retornar ao clube onde atuou, pelas categorias de base, em 2004.

“Já passei pelo Cruzeiro 12 anos atrás. Para mim é gratificante retornar. Qualquer jogar busca estar num clube do tamanho do Cruzeiro. Tendo esse contrato assinado, é um reconhecimento de um trabalho bem feito, agora é deixar meu melhor. Conquistar títulos e estar todos dias dando o máximo, porque é o que eu gosto de fazer, com a ajuda de todos, grupo forte. Todo mundo está buscando o melhor. Vou ser mais um para ajudar a colocar o Cruzeiro para ganhar títulos” destacou o lateral, que assinou contrato por três temporadas com a Raposa

Bryan teve 75% dos seus direitos econômicos adquiridos pelo Cruzeiro, sendo que o América-MG permanece com 10% e um investidor com 15%. Para contratar o lateral, a diretoria celeste enfrentou a concorrência do Atlético-MG e do Sport, porém, a escolha do próprio jogador acabou sendo decisiva para um desfecho feliz das negociações.

“A grandeza do Cruzeiro, já joguei aqui, sei de tudo que o Cruzeiro pode me oferecer e eu posso oferecer para o Cruzeiro. Time que briga por título, tem uma torcida muito grande, tudo isso motivou”, salientou.

Mineiro de Belo Horizonte, Bryan, além de ter atuado pelo América-MG, também defendeu Ponte Preta e Portuguesa no Brasil. No exterior, o lateral acumula uma curta passagem pelo Benfica, de Portugal, em 2013, o que, segundo o jogador, pode contribuir no relacionamento com o técnico português Paulo Bento, que na época treinava a seleção lusitana.

“Quando estava em Portugal, ele (Paulo Bento) estava na seleção, conheço um pouco, sei que a forma dele de trabalhar é diferente. Quem vem na Europa é um estilo diferente, mas o importante é trabalhar firme todos os dias”, comentou.

Devidamente apresentado, Bryan apenas aguarda a publicação do seu nome no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para ganhar condições de jogo. A tendência é que o lateral seja regularizado ainda nesta semana e fique à disposição da comissão técnica para o jogo do próximo sábado, contra o Figueirense, no Mineirão.

Deixe seu comentário