Após reeditar dupla de sucesso, Bruno Rodrigo elogia amigo Dedé

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

23-02-2016 16:25:55

Diante do Tricordiano, Dedé e Bruno Rodrigo voltaram a atuar juntos após quase dois anos (Washington Alves/Light Press
Diante do Tricordiano, Dedé e Bruno Rodrigo voltaram a atuar juntos após quase dois anos (Washington Alves/Light Press

No último domingo, na vitória por 1 a 0 sobre o Tricordiano, o zagueiro Bruno Rodrigo pôde reeditar a dupla de zaga com Dedé, que fez sucesso nos títulos do Campeonato Brasileiro de 2013 e do Estadual de 2014. Os defensores não atuavam juntos desde o dia 17 de maio de 2014, quando o Cruzeiro venceu o Coritiba por 3 a 2, no Mineirão, em partida válida pelo Brasileirão.

De lá para cá, os zagueiros, que são muito próximos tanto dentro, quanto fora das quatro linhas, viram a parceria de anos anteriores ser prejudicada por lesões e também pelas escolhas dos treinadores, que optavam por outras configurações defensivas. Diante disso, Bruno Rodrigo não escondeu a satisfação por voltar a atuar com o amigo Dedé, que chegou a ficar um ano sem jogar após ser alvo de duas cirurgias no joelho direito.

“O Dedé está muito bem fisicamente, está querendo muito jogar, chegar ao nível máximo que ele chegou antes da lesão. Tecnicamente ele está muito bem, de cabeça também. É um jogador que dispensa comentários. Tem tudo para dar alegria para o torcedor do Cruzeiro e brigar para voltar para Seleção também”, colocou o defensor.

Assim como amigo e companheiro de posição, Bruno Rodrigo também busca a melhor forma e ritmo de jogo. Reserva na maioria dos jogos do clube neste começo de temporada, o defensor acredita que, assim como a equipe, irá melhorar fisicamente com o decorrer das partidas.

“Nas férias, eu procurei descansar bastante, pois no final do ano tive uma lesão no adutor e não participei do último jogo. Mas estou bem neste momento. É lógico que no começo de ano a gente ainda cansa um pouco nos finais dos jogos e estou revezando na posição, mas estou 100% e com a cabeça boa. A nossa intenção é fazer um grande ano e estamos caminhando para isso. Esse último jogo já foi melhor e vamos evoluir gradativamente para alcançar o ápice quanto antes melhor”, colocou o camisa 4, que destacou a concorrência por uma vaga na zaga titular.

"Estamos ainda no começo de trabalho, e o Deivid ainda procura pelo time ideal. Tive a oportunidade agora, procurei fazer meu melhor. O ano vai ser de muito trabalho, e todos vão precisar estar à disposição e vão precisar estar bem para entrar, porque com certeza será necessário usar todo o nosso elenco ao longo da temporada. Temos Manoel, Dedé, Léo, Bruno Viana, Fabrício Bruno e todos estes têm condições de ajudar o Cruzeiro”, acrescentou.

Deixe seu comentário