Futebol

Alto pedido salarial afasta lateral chileno Mena do Cruzeiro

Do correspondente Wanderson Lima - Belo Horizonte , MG -
20/01/2015 19:15:00

Em: Campeonato Mineiro, Campeonato Paulista, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Cruzeiro, Futebol, Região Sudeste, Santos

A contratação do lateral-esquerdo Mena, que parecia próxima de ser concretizada, pode não acontecer mais. O superintendente de futebol do Cruzeiro, Benecy Queiroz, explicou que a pedida salarial do jogador foi considerada alta demais, e uma reunião ainda vai ocorrer entre as partes. Caso o acerto não aconteça, o clube terá que procurar outra opção para o posto.

“Este é assunto que estamos em negociação. Quarta-feira, o representante dele terá uma reunião conosco. O que nos separa de um acerto são detalhes financeiros, achamos que os valores pedidos estão acima, mas trataremos deste assunto na quarta-feira, e até na quinta teremos uma definição”, explicou o dirigente.

Caso a contratação de Mena não aconteça, a Raposa poderá tentar trazer Pará, que atualmente defende as cores do Bahia. Membros da diretoria celeste já estão a caminho de Salvador para tentar chegar a um acordo para contar com a revelação do futebol baiano. Mesmo que o chileno Mena desembarque na Toca da Raposa, a chegada de Pará não seria descartada.

“Não existe plano B no Cruzeiro, o que existe é aquisição de jogadores. Eu viajo quarta-feira para Salvador, e vamos ver se o Cruzeiro consegue agregar estes dois jogadores ao atual plantel”, comentou o dirigente.

O alto pedido salarial é o empecilho para que o lateral-esquerdo chileno Mena assine com o Cruzeiro
O alto pedido salarial é o empecilho para que o lateral-esquerdo chileno Mena assine com o Cruzeiro – Credito: Ivan Storti/Santos FC