Afastado por indisciplina, croata pode ser campeão à distância

São Paulo, SP

15-07-2018 08:15:55

O atacante Nikola Kalinic perdeu a chance de disputar uma final de Copa do Mundo. Aos 30 anos, o atacante do Milan foi um dos 23 jogadores convocados pelo técnico Zlatko Dalic para o Mundial da Rússia, porém se recusou a entrar em campo aos 40 minutos do segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre a Nigéria, logo na estreia. Alegou que estava com dor nas costas.

Dalic, então, deu as costas para Kalinic. O técnico afirmou que tinha “um problema” após o triunfo na primeira rodada e decidiu expulsar o atleta da concentração croata. Ele retornou a Milão, onde mora.

Para a Fifa, contudo, Kalinic deverá ser considerado campeão mundial caso a Croácia vença a França no domingo, em Moscou, uma vez que figura na relação de inscritos do seu país para o torneio.


Com passagens pelas categorias de base da seleção croata, Kalinic defendeu profissionalmente o Hajduk Split, o Istra 1961 e o Sibenik no seu país, além do Blackburn Rovers na Inglaterra e o Dnipro na Ucrânia antes de atuar por Fiorentina e Milan na Itália.

Pelo Milan, Kalinic já se envolveu em uma controvérsia também com o técnico Gennaro Gattuso neste ano. Ele acabou não relacionado para um jogo contra o Chievo porque teria apresentado um comportamento preguiçoso no treinamento anterior ao compromisso.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário