Costa Rica

Jogadores da Costa Rica miram contra-ataque para vencer o Brasil

São Paulo, SP

18-06-2018 15:30:28

A Costa Rica estreou na Copa do Mundo perdendo para Sérvia. O resultado complicou a seleção, que agora terá de passar por Brasil e Suíça para buscar uma classificação às oitavas de final. Mesmo com o cenário difícil, os jogadores costarriquenhos mantém o otimismo e vêem nos espaços deixados pelo time de Tite a chance de somarem os primeiros três pontos no Mundial.

"A maior virtude da Costa Rica é que ela é ordenada taticamente. O Brasil tem que ir para ganhar e haverá espaços. O mais importante é tentar aproveitar as opções. Sabemos que é difícil mas não impossível, e nós estaremos lá", declarou o atacante Daniel Colindres.

O zagueiro Kendall Waston reforçou o ideia que se defender bem e aproveitar os contra-ataques podem ser a saída para a equipe de Óscar Ramírez. "Quando eles (Seleção Brasileira) têm a bola, podemos fazer um bom bloqueio e tentar encontrar a reação. Isso não significa que vamos defender todo o jogo", afirmou.

Por fim, tanto Colindres quanto Waston admitiram a decepção com a derrota da estreia e acreditam que a equipe precisa levantar a cabeça para buscarem a vitória diante dos brasileiros. "Temos que levantar o ânimo, porque isso não terminou. O próximo jogo é muito difícil, mas não impossível, espero que possamos surpreender", declarou Waston.

Na próxima sexta-feira, a Costa Rica viaja até São Petersburgo, onde mede forças com a Seleção Brasileira, a partir das 9h (de Brasília). Já dia 27, em Nizhny Novgorod, o adversário da vez é a Suíça, às 15h (de Brasília).

 

Deixe seu comentário