Futebol

Pregando equilíbrio, Marquinhos pode optar por Coxa ofensivo

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Coritiba , PR -
28/01/2015 22:17:00

Em: Campeonato Paranaense, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Coritiba, Futebol, Região Sul

O Coritiba se aproxima da estreia no Campeonato Paranaense de 2015, neste sábado, diante do Nacional, em Rolândia, mas já prevê dificuldades nas primeiras rodadas. O técnico Marquinhos Santos espera que o grupo atinja um estágio mais avançados dentro da evolução de seu trabalho no decorrer da disputa. Por isso, o foco está no trabalho a médio prazo e não no primeiro confronto, com busca por equilíbrio, mas sem abrir mão da filosofia ofensiva prometida para temporada.

“Nós temos que lembrar que nosso objetivo não é preparar o time simplesmente para vencer o Nacional na estreia, queremos ter um equilíbrio durante toda a temporada”, afirmou o treinador, que vai avaliar questões físicas e técnicas para escolher os primeiros titulares do ano.

“Respeitando esta reta final de pré-temporada, nós vamos procurar montar uma equipe que possa buscar a vitória no primeiro jogo, mas nosso objetivo e muito maior do que apenas vencer o jogo em Rolândia”, completou.

Marquinhos começou a semana indicando que pode levar a campo uma equipe bastante ofensiva, especialmente pela subida de produção do jovem Rafhael Lucas, que já apareceu entre os titulares durante os trabalhos. A possível escalação diante do Nacional poderá ter Vaná, Ivan, Leandro Almeida, Luccas Claro, Carlinhos, João Paulo, Rosinei, Pedro Ken, Negueba, Mazinho e Rafhael Lucas.