Futebol/Brasileiro Série B

Jogadores cobram mudança de atitude imediata do Coxa

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR
18/08/2018 20:14:48

Em: Brasileiro Série B, Coritiba, Futebol, Notícias
Araque coa-branca passou em branco em Goiânia (Divulgação/CFC)

O Coritiba voltou a perder jogando fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro, desta vez por 1 a 0, diante do Atlético Goianiense, estacionando na décima posição na tabela de classificação, ainda mais afastado do G4. Para o atacante Guilherme Parede, a equipe não se acertou durante os 90 minutos, sendo inoperante no setor de ataque.

“Não tem nem o que falar. No primeiro tempo a gente criou algumas oportunidades, mas não concluímos em gol. No segundo tempo também não concluímos. Faltou fazer o gol”, disse o jogador, que já muda o foco para o próximo desafio, também fora de casa, diante do Criciúma. “Agora tem um jogo importante contra o Criciúma. Vamos lá e tentar a vitória”, acrescentou.

O zagueiro Rafael Lima lamentou mais uma vez a apatia da equipe em campo e alertou que, se isso não mudar rapidamente, a situação pode ganhar contornos dramáticos. “É o que vem acontecendo com alguma repetição. A gente tem que ter uma atitude deferente. A gente vem cobrando isso. Não adianta ficar falando. Ou a gente muda de atitude ou vai envergonhar uma camisa de tanta tradição”, analisou.

É exatamente a atitude que o zagueiro Thalisson Kelven vê como principal ponto a se mudar daqui para frente dentro da competição. “Começo de jogo tem que estar atento, tivemos uma falha defensiva. Depois, tivemos pose de bola, mas não levamos perigo. O clube todo precisa de uma atitude diferente, já estamos no segundo tuno. O Coritiba não pode mais ficar na segunda divisão”, concluiu.