Gladiador faz três e dá vitória ao Coritiba contra o Foz do Iguaçu

São Paulo, SP

03-02-2016 23:59:46

Kléber Gladiador voltou a marcar e o Coritiba venceu mais uma no Campeonato Paranaense 2016. Desta vez, 3 a 0 diante do Foz do Iguaçu, no Estádio ABC, o suficiente para o time alviverde manter a liderança da competição, com seis pontos. A equipe da fronteira, que na véspera teve problemas com intoxicação no elenco, segue com três pontos ganhos.

Depois de um inicio de partida morno, Kléber apareceu, aos 34 minutos, para soltar o pé e abrir o placar. Na segunda etapa, a partida foi mais equilibrada, mas o Coxa chegou ao segundo, aos 40 minutos, novamente com o Gladiador, de cabeça. E o artilheiro da competição, com cinco gols, fez o terceiro, nos acréscimos.

Na próxima rodada, o Foz do Iguaçu recebe o Cascavel, quarta-feira, novamente no Estádio ABC. Já o Coritiba volta a campo na quinta-feira, diante do Londrina. No Estádio Couto Pereira. No final de semana, volta a campo pela Primeira Liga, contra o Grêmio.

O jogo - Depois de muita apreensão sobre a participação do Foz na partida, após parte do elenco sofrer uma intoxicação alimentar e alguns atletas com suspeitos de dengue, a bola rolou diante de um bom público local. Bem postado na defesa, o time da casa impedia as investidas do Coxa, mas não conseguia sair para o ataque. Aos 12 minutos, Safira cobrou falta, pela linha de fundo.

A partida era morna, com muita disputa no meio-campo. Aos 22 minutos, João Paulo cobrou falta por cima da barreira e Nei encaixou para defender. O primeiro lance de grande emoção aconteceu apenas aos 31 minutos, com Negueba, que pegou sobra de bola após dividia de Kléber Gladiador e carimbou a trave.

A primeira etapa se encaminhava para terminar em igualdade quando, aos 34 minutos, Kléber Gladiador, que em 2016 parece ter recuperado sua confiança, recebeu de Negueba e bateu no canto, de primeira, para abrir o placar. O Foz claramente sentiu o gol e passou apenas a se defender. Aos 43 minutos, foi a vez de Leandro arriscar, por cima da meta.

Depois do intervalo, os donos da casa retornaram com duas modificações. As entradas de Marcelo e Daniel Balói nos lugares de Pequi e Laércio. Após o apito, logo no primeiro minuto, Safirinha recebeu com liberdade e chutou pra defesa de Wilson, com os pés. Na resposta, aos oito, Leandro deixou a defesa para trás e chutou na trave.

Ao contrário do que se esperava, por conta do desgaste fisco, o Foz voltou com mais disposição. Aos 17 minutos, sem conseguir entrar na defesa do time da fronteira, Juan chutou de muito longe, totalmente sem direção. Aos 21 minutos, foi a vez de Negueba isolar. Na sequência, confusão generalizada entre os atletas. O árbitro apenas distribuiu cartões amarelos.

Os treinadores, então, aproveitaram para queimar todas as substituições. Aos 31 minutos, Negueba ajeitou para Kléber pegar de primeira, para fora, em um lance bonito no ABC. Mas com um verdadeiro espírito artilheiro, o Gladiador começou a jogada, aos 40 minutos, foi para a área e cabeceou para balançar as redes. Aos 48, ele, Kléber, fez o terceiro para fechar a contagem.

Mais duas partidas – Outros dois jogos agitaram a segunda rodada do Estadual envolvendo os times do interior. Um pouco mais cedo, o Londrina conseguiu sua segunda vitória na competição ao bater o Toledo por 2 a 0, no Estádio José Chiappin, em Arapongas. Os dois gols foram marcados por Bruno Batata. Já o Cascavel conseguiu seu primeiro resultado positivo ao bater o PSTC por 2 a 1, com dois gols de Henrique. Caximbu descontou.

FICHA TÉCNICA
FOZ DO IGUAÇU 0 X 3 CORITIBA

Local: Estádio ABC, em Foz do Iguaçu (PR)
Data: 03 de janeiro de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Fábio Filipus (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e João Fábio M. Brischiliari (PR)
Cartões amarelos : Herbert, Carlão (Foz); Leandro e Negueba (Coritiba)

GOLS: Kléber, aos 34 minutos do primeiro tempo e aos 40 minutos e 48 minutos do segundo tempo

FOZ DO IGUAÇU: Nei; Chilavert (Baiano), Hebert, Alex Amaro e Carlão; Cícero, Roberto e Safira; Safirinha, Laércio (Daniel Balói) e Pequi (Marcelo)
Técnico: Ivan Carlos Alves

CORITIBA: Wilson; Ceará, Juninho, Walisson Maia e Carlinhos; Amaral, João Paulo e Juan(Thiago Lopes); Negueba (Evandro), Kleber e Leandro (Dudu)
Técnico: Gilson Kleina

Deixe seu comentário