Torcedores picham sede do Corinthians em protesto à contratação de Cuca - Gazeta Esportiva
Torcedores picham sede do Corinthians em protesto à contratação de Cuca

Torcedores picham sede do Corinthians em protesto à contratação de Cuca

Gazeta Esportiva

Por Redação

21/04/2023 às 09:37

São Paulo, SP

O Parque São Jorge, sede do Corinthians, amanheceu nesta sexta-feira com seus muros pichados e mensagens de protesto à contratação do técnico Cuca. De acordo com o perfil do Twitter Central do Timão, torcedores foram ao local na noite de quinta-feira para se manifestar contra a chegada do novo comandante.



“Fora Cuca” e “diretoria incompetente” foram algumas das frases deixadas pelos manifestantes nos muros e portões do Parque São Jorge. A revolta dos torcedores com o treinador recém-contratado vem por conta de uma condenação por estupro em 1987, em Berna, na Suíça.

Na ocasião, Cuca era jogador do Grêmio e foi detido por acusações de abusar de uma menor de idade com mais três atletas. Depois de ficarem presos por 15 dias, os jogadores voltaram ao Brasil e foram condenados à revelia a 15 meses de prisão por atentado ao pudor com uso de violência. O técnico nunca chegou a cumprir a pena e nega o ocorrido.




Mesmo com os protestos de torcedores, Cuca já foi inscrito pelo Corinthians no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e pode estrear no domingo pelo clube. A equipe visitará o Goiás, às 19 horas (de Brasília), no Estádio da Serrinha, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Esta é a primeira vez que o treinador assume o Timão. Cuca também já dirigiu os rivais São Paulo, Palmeiras e Santos em outras oportunidades. Seu último trabalho foi pelo Atlético-MG, onde já conquistou uma Libertadores, uma Copa do Brasil e um Brasileirão somando suas três passagens.

Conteúdo Patrocinado