Técnico pede “frieza” ao Corinthians para furar retranca do Nacional

Hélder Júnior e José Victor Ligero - São Paulo,SP

03-05-2016 19:47:25

Tite descreveu algumas virtudes do Nacional após comandar o último treino tático, na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, antes do jogo de volta pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América, marcado para esta quarta, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians. Em seguida, o treinador falou o que sua equipe precisa fazer para obter uma vitória simples, resultado que garante ao Timão a classificação à próxima fase da competição continental.

“(Eles têm) Duas linhas de quatro montadas, dois atacantes, tanto na bola longa para infiltrações, tanto numa bola articulada e saída por trás com qualidade de passe. Perde e pressiona na frente. Agride a marcação. Tem essas variantes”, analisou o comandante, indicando o que espera de seus comandados para furarem a provável retranca uruguaia.

“Por vezes estabelecemos algumas prioridades no trabalho tático. Com posse de bola, essa equipe (Corinthians) tem de ser gelo. Tem de rodar a bola, o adversário se compacta bem. Precisa ser gelo, a bola não pode queimar no pé. Encontrar a linha de passe, dar dois, três passes, conduzir. Tem de ter paciência", pediu o comandante.

Líder do time campeão da Libertadores e do Mundial de 2012, Tite mostrou ter estudado o rival desta quarta, que, segundo o técnico, utilizará as bolas longas para tentar surpreender a sólida defesa corintiana.

“Jogo de duas camisas pesadas, dois campeões, nível de competitividade alto e leal como foi no primeiro jogo. Com qualidade técnica, velocidade nas transições. Um com um jogo mais sustentado, outro mais vertical. Os jogos do Nacional têm demonstrado isso. É um jogo de futebol, não consigo ver de outra forma. Amanhã vemos quem é melhor”, finalizou.

Para sair de Itaquera classificado na noite desta quarta, o Corinthians precisa de uma vitória simples. A repetição do resultado de Montevidéu não serve, uma vez que o 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Triunfo ou igualdade com gols levam os uruguaios adiante na Libertadores.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?