Tabela favorável mais uma vez se apresenta ao Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo,SP

28-09-2019 06:00:56

No dia que amargou a eliminação na Copa Sul-Americana, o Corinthians, mesmo de longe, teve boas notícias em seu território. Pelo Campeonato Brasileiro, São Paulo e Internacional perderam, e o Santos só empatou na sequência.

Ou seja, apesar de não ter participado da 21ª rodada, o Corinthians não só manteve o quinto lugar na tabela de classificação como também ficou em condição de encostar no top 3.

Para completar o cenário, o próximo desafio é contra o Vasco da Gama, de campanha irregular e frequentador da parte de baixo da tabela, com o apoio da Fiel, na Arena de Itaquera.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Ainda assim, tem muito corintiano desconfiado. O motivo é compreensível, afinal, não será a primeira vez que o campeonato ‘se oferece’ ao Timão.

Perdeu o bonde
Na 16ª rodada, por exemplo, os comandados de Fábio Carille entraram em campo cientes de vacilos de três concorrentes diretos: Santos, São Paulo e Internacional. Era a chance de ficar a três pontos da liderança e entrar de vez na briga, mas, o empate com o Avaí frustrou as pretensões.

Duas rodadas depois e o Corinthians e uma nova igualdade no placar: 2 a 2 com o Ceará em casa, depois de abrir dois gols de diferença. Na 19ª rodada, contra o Fluminense, um dos candidatos ao rebaixamento, a derrota custou a chance de ultrapassar o Inter e ficar a dois pontos do terceiro lugar.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

E agora?
A liderança talvez já esteja distante demais, mas a briga pela vaga direta à Copa Libertadores do ano que vem é real e cada vez mais factível. Vencer o Vasco dará ao Corinthians a oportunidade de se distanciar do São Paulo e ultrapassar o Inter com um jogo a menos.

Danilo Avelar reconheceu que o histórico recente das situações semelhantes a desta 22ª rodada servem de lição e mexem com a preparação do elenco para o próximo confronto.

"Na verdade, a maioria das vezes a gente olha a tabela, mas não deixa tomar conta do controle. Vemos nosso trabalho. Teve rodadas que se a gente ganhasse estaria em segundo lugar, Avaí, Ceará, jogos que estavam na nossa mão e poderíamos ter pontos a mais. Fica gosto amargo, contra Ceará no final, não desce, até hoje não desceu para mim, mas acontece no futebol”, comentou o lateral.

“A gente entende as críticas, sabe que poderia não ter deixado passar esses jogos que perdemos ou deixamos escapar pontos, mas faz parte do campeonato, acontece com outros times também. Não podemos olhar só nossos erros. Às vezes o outro time também fez por merecer", concluiu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?