Sylvinho não garante estreia de R. Augusto e crava Cantillo só como 1º volante

Tiago Salazar - Santos,SP

08-08-2021 20:20:54

Renato Augusto está há pouco mais de duas semanas trabalhando no CT do Corinthians. O jogador de 33 anos tem um histórico de lesões na carreira e não participa de uma partida desde dezembro do ano passado.

O reforço corintiano teve a inscrição regularizada na última sexta-feira e, portanto, está liberando para reestrear pelo Timão.

A ansiedade entre os torcedores é grande, mas, neste domingo, Sylvinho não garantiu que isso vai acontecer no próximo domingo, contra o Ceará na Neo Química Arena.

 

"O Renato é um atleta que está em uma construção, pré-temporada, está se preparando, a casa conhece muito bem, os profissionais, a pessoa, parte clínica, física, técnica. Sabemos que pode atuar em duas, três funções com muita qualidade e todos acabam concorrendo. Vamos esperar a semana se construir, com tranquilidade, com trabalho. A partir daí, vamos tomando as decisões", comentou o técnico, durante entrevista coletiva após o empate por 0 a 0 com o Santos, na Vila Belmiro.

"A situação do Renato está em conversas diárias com o atleta para saber em que condições ele está, para saber quando ele tem possibilidade, realmente, de estrear".

"Ocorreu com Giuliano hoje, futuramente vai ocorrer com Renato, não sabemos. Breve, sim, mas não sabemos quando. E não tem quem te responda".

Cantillo só de primeiro homem
Com Giuliano e Renato Augusto, a concorrência no meio de campo do Corinthians ficou acirrada. Os dois reforços chegaram com status de titular. É apenas uma questão de tempo para que isso se confirme.

E sobre a formação que o Corinthians deve ganhar nos próximos jogos, Sylvinho cravou apenas uma situação: Cantillo é o único que briga apenas em uma função.

"Todos os atletas concorrem. São atletas que podem ocupar funções diferentes. Gabriel pode fazer o primeiro, pode fazer um meio-campista, o Renato, igual. O Giuliano em qualquer um dos dois lados, temos o Vitinho, temos o Cantillo, que na verdade é o primeiro meio-campistas nosso. A gente o tem como primeiro. Não entendo que ele pode jogar em um plano mais avançado, mas os demais atletas podem ocupar duas ou três funções de meio-campo", avisou o treinador.

Contra o Santos, Cantillo desfalcou a equipe por causa de um problema na coxa direita. Gabriel foi deslocado para espaço que vinha sendo ocupado pelo colombiano, à frente da zaga, onde Gabriel atuou por tantos anos.


Deixe seu comentário