Futebol/Corinthians

Pedrinho e Vital se veem em condições de atuar juntos no Corinthians

Por Guilherme Serrano* - São Paulo , SP
21/05/2019 20:00:54 — 21/05/2019 20:21:34

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol
Dupla torce por sequência no time titular corintiano (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O técnico Fabio Carille ainda está quebrando a cabeça para encontrar as melhores opções para o setor ofensivo do Corinthians. Com uma equipe que ainda não demonstra o poder de fogo esperado, dois jovens jogadores aparecem como possíveis alternativas: Mateus Vital e Pedrinho.

De acordo com Vital, a dupla pode jogar junta mesmo que tenha características consideradas parecidas, e disse acreditar que Fabio Carille deve optar em breve pela sua escalação.

“Dá pra gente jogar juntos sim, já jogamos. Depende do Carille, e acho que quando chegar o momento exato da gente entrar jogando juntos, ele vai colocar. Mas em questão de posição acho que não tem problema. A gente consegue atuar ali, isso não é um problema não”, disse, em entrevista coletiva realizada na manhã desta terça-feira no CT Joaquim Grava.

Pedrinho, por sua vez, voltou a admitir que prefere jogar como meio-campista, mas garantiu que vai atuar onde o treinador achar melhor para a equipe.

“Eu estou sempre ali para cumprir o meu papel, independente da posição que ele me colocar. Já falei muitas vezes disso, o que acontece na base às vezes muda no profissional. Já falei com o Carille, e muitas vezes ele me coloca numa posição que pode me ajudar no futuro. Claro, tenho o desejo de atuar pelo meio porque sempre atuei ali pela base, mas se for para atuar na ponta não tem problema nenhum. Venho me adaptando ainda mais para poder jogar, então não é que só quero jogar no meio ou só na ponta. Onde o Carille optar, tenho certeza que darei meu máximo para ajudar o Corinthians”, afirmou.

Por fim, Mateus Vital ainda revelou uma conversa que a dupla teve em particular com Fabio Carille, e celebrou o aprendizado que teve com o treinador.

“Ele tem conversado com a gente, uma vez até chamou eu e o Pedrinho na sala para pedir para sermos mais objetivos. Perguntou se a gente podia ser mais rápido, tentar mais finalizações, consequentemente fazer mais gols. Vejo com bons olhos essa conversa, para mim isso foi um conselho, porque isso pode me ajudar a evoluir. Fico feliz também com a sequência, estou ajudando a equipe. Estar jogando me deixa muito feliz, então espero que isso aconteça mais vezes e eu possa ajudar o time”, completou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

 

*Especial para a Gazeta Esportiva




×
Quer receber notícias do Corinthians?