Pedrinho e Maycon, ex-jogadores do Corinthians, chegam ao Brasil após fugirem da guerra na Ucrânia

São Paulo, SP

01/03/22 | 10:07 - 01/03/22 | 13:38

Fugindo da guerra na Ucrânia, alguns jogadores brasileiros que jogam no país começaram a chegar no Brasil. Na manhã desta terça-feira, Pedrinho e Maycon, revelados pelo Corinthians e atualmente no Shakhtar Donetsk, desembarcaram no Aeroporto de Guarulhos.

“É muito cedo falar de voltar, tudo aconteceu agora, o que mais quero é estar com a minha família, com meus pais. Todas as vezes que eu falava com eles, eu sempre me despedia, pois não sabia se seria a última vez. Então quero chegar em casa, ficar com a minha filha. Foram cenas lamentáveis e desejo que ninguém passe por isso”, declarou Pedrinho, que se emocionou ao chegar em território brasileiro.


Atualmente com 23 anos, Pedrinho chegou ao Shakhtar em julho de 2021, após rápida passagem pelo Benfica. O contrato do atacante com o time ucraniano tem validade até meados de 2025.

Enquanto isso, Maycon está no time de Donetsk há mais tempo. O meia chegou ao futebol ucraniano em 2018, saindo direto do Corinthians para lá.


“Foi uma mistura de sentimentos, de tristeza, de terror, de todas as palavras que demonstram isso, e depois um alívio, uma gratificação por ter conseguido sair, todos bem, sem nenhum susto”, disse Maycon, que tem contrato com o Shakhtar até o final de 2025.

Além dos dois ex-jogadores do Corinthians, Dodô e Fernando, também atletas do Shakhtar, chegaram ao Brasil hoje.

Desde que a Rússia iniciou o ataque militar à Ucrânia, os jogadores brasileiros se uniram para tentar deixar o país. Os atletas do Shakhtar Donetsk e do Dínamo de Kiev foram escoltados pela UEFA, após pegarem trens e ônibus para deixar o país.

Deixe seu comentário