Futebol

Love segue 100% com Carille e vislumbra mais chances como centroavante

São Paulo , SP
20/05/2019 05:00:16

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Escolha do editor, Futebol, Notícias

Vagner Love marcou seu quarto gol na temporada, o primeiro no Campeonato Brasileiro, durante a vitória do Corinthians sobre o Athletico, neste domingo. O camisa 9, que deu o título Paulista ao Timão com um gol perto dos acréscimos, em cima do São Paulo, dessa vez foi escalado em sua posição de origem em Curitiba, como referência, e não negou que gostaria de continuar por ali.

“Se puder dar continuidade, eu quero, lógico. Mas deixo sempre claro ao Fábio que eu quero estar campo. No segundo tempo ele me pediu para fazer o corredor, falei que não tinha problema nenhum”, contou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

E se tem alguém que confia na palavra e no potencial de Vagner Love esse alguém é justamente o técnico corintiano. Desde que estreou com a camisa alvinegra, o atacante de 34 anos participou de todos os jogos da equipe, seja como titular ou como opção para o segundo tempo. Já são 27 atuações em sequência.

“É um novo (Vagner Love). Temos de começar a nos adaptar ao futebol. O futebol vem exigindo muito fisicamente e estou preparado para jogar nessas funções”, explicou, antes de lembrar da parceria com o Jadson, velho amigo dentro e fora de campo, no gol deste domingo.

“Eu sei da qualidade do Jadson, principalmente nesses passes, ele tem uma excelente visão de jogo, colocou muito bem a bola no segundo pau, fui bem e nem eu imaginava que ia tirar tão bem do goleiro”.

Apesar do bom momento, Love não esconde a necessidade de ajustes no time do Corinthians e entende que a parada para disputa da Copa América será fundamental para Fábio Carille deixar o Timão em condições de lutar, de fato, com os favoritos ao título do Campeonato Brasileiro.

“Se a gente tiver um tempo para trabalhar maior, como teremos na parada, acredito que sim. Palmeiras já joga há um tempo junto, mudou pouco, isso ajuda. Quando se tem o conhecimento dos atletas tudo tende a melhorar. Essa parada na Copa América vai ser bom para a gente brigar de igual para igual”, concluiu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

 




×
Quer receber notícias do Corinthians?