Lateral do Corinthians defende Tiago Nunes: “Todo mundo se dá bem. É paizão”

Tiago Salazar - São Paulo,SP

25-03-2020 12:00:08

Recentemente, a Gazeta Esportiva apurou que a diretoria do Corinthians não tem qualquer intenção em demitir Tiago Nunes. Pelo contrário. A maior insatisfação da cúpula alvinegra tem relação com as atuações individuais dos jogadores.

Mesmo assim, o técnico passou as últimas semanas sob muitas críticas, tanto por parte da imprensa quanto da torcida. Até mesmo o ambiente interno passou a ser tema de discussão.

Em entrevista exclusiva por telefone, a reportagem questionou Sidcley sobre o assunto, e o lateral foi categórico.

“Tem nada! Você tem que ver... Todo mundo se dá bem, o Tiago é um paizão, brinca, conversa, até quando está todo mundo chateado ele levanta a cabeça, mas quando não vem resultado, a torcida cai em cima. Se o time estivesse ganhando, não ia ter isso”, comentou.

“Não tem nada de errado. É porque não sabem como é futebol. Para mim, vai passar. Estamos fazendo tudo certo, o grupo é excelente, todo mudo se dá bem com todo mundo, mas, acontece”.

O Corinthians só tem duas vitórias no Campeonato Paulista. Antes da paralisação devido ao coronavírus, o clima já era de melancolia pela pouca probabilidade de classificação e até pelo risco de rebaixamento. Na Libertadores, a eliminação veio logo no primeiro embate.

“Todo mundo tem seus momentos ruins. Nesse momento, estamos passando por isso, mas estamos jogando bem, treinando forte, fazendo tudo certo. Quando engrenar, tenho certeza que vai ser muito bom. O Tiago Nunes treina bem, é um bom cara para conversar. Em qualquer momento, quando você quer conversar ele está lá, sempre dando a mão, mesmo nos momentos não tão bons, você vai na sala dele, fala com ele”, revelou Sidcley, que voltou ao clube a pedido do comandante.

“É igual o primeiro jogo (4 a 1 em cima do Botafogo-SP). Ganhou, Tiago já era Seleção. É f..., futebol é resultado. Mas, entendo a torcida, está pagando para estar lá. Não está vindo resultado, tem que falar mesmo, se impor. Sem eles nós não vivemos”.

Apesar de ter sido preterido nas últimas rodadas, Sidcley não demonstra qualquer sentimento ruim por Tiago Nunes.

“Demora para mudar tanto. Não é assim. Tem um tempo, um processo”.

Na verdade, durante a entrevista por telefone, o lateral só se mostrou indignado quando perguntado se houve interferência do árbitro argentino Néstor Pitana na queda perante ao Guaraní-PAR.

“Certeza! O Gil nem encostou no cara, nem relou. Não existe não ter VAR, é Libertadores, tinha que ter. Se tivesse, ia voltar e beleza. Agora, não adianta mais falar nada”.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?