Gazeta Esportiva

Júnior Moraes comenta calendário brasileiro e enaltece torcida do Corinthians: "Bando de loucos"

São Paulo, SP

08/06/22 | 21:00

O centroavante Júnior Moraes, do Corinthians, está gostando de atuar no futebol brasileiro depois de ter ficado tanto tempo fora do país, mas reconhece que o calendário é realmente "maluco", como diz o técnico de seu clube, Vítor Pereira.

Em entrevista ao ex-jogador Zé Roberto, no YouTube, o jogador naturalizado ucraniano falou sobre o retorno antecipado por conta da guerra entre Ucrânia e Rússia e também do que mais está gostando no momento atual.

"Sempre tive essa vontade de voltar ao Brasil e jogar aqui, desfrutar mais do futebol brasileiro. Foi meio na loucura, nada programado por causa da guerra. Ainda esperava ficar mais um tempinho e depois voltar, mas estou muito feliz, estou curtindo bastante", iniciou nesta quarta-feira.

"O calendário brasileiro é loucura, loucura total. Eu só venho em casa trocar de roupa e já saio. Muitos jogos, muitas viagens e pouco tempo com a família em casa. Por outro lado, estou curtindo demais a resenha de vestiário do Brasil e do futebol brasileiro, totalmente diferente toda essa cultura do futebol", complementou.

Moraes entrou no segundo tempo da derrota do Corinthians diante do Cuiabá, na Arena Pantanal, na noite da última terça-feira. No sábado, o time volta a entrar em campo, desta vez na Neo Química Arena, para enfrentar o Juventude. Ele falou sobre a Fiel torcida e disse querer dar muitas alegrias aos torcedores.


"Corinthians é loucura total, bando de loucos. A gente vive um turbilhão de emoções. Quando entro na Arena para jogar, me transformo. Não consigo ver aquela torcida e me manter tranquilo. Está sendo uma experiência maravilhosa. Espero dar muita felicidade e muita alegria para esse clube e torcida. Estou curtindo bastante", finalizou.

Moraes foi anunciado em março deste ano, com vínculo até dezembro de 2023, vindo após liberação do Shakhtar Donetsk. Ao todo, foram quatro temporadas com o clube ucraniano, totalizando 106 jogos (99 como titular).

Nesse período, foram 62 gols e 21 assistências, totalizando 83 participações diretas e uma participação em tentos a cada 102 minutos.

Além disso, a carreira de Júnior no exterior é extensa. Na Ucrânia, o jogador também atuou pelo Dínamo Kiev e Metalurh Donetsk, além de ter defendido Gloria Bistrita-ROM, CSKA Sofia-BUL e Tianjin Tianhai-CHI. No Brasil, o atacante foi revelado no Santos e acumula passagens por Ponte Preta e Santo André.

Deixe seu comentário