Jadson rebate presidente e diz não ter recebido proposta para renovação

Edoardo Ghirotto - São Paulo,SP

08-01-2016 14:28:11

O meia Jadson demonstrou incômodo com a polêmica criada pelo presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, e rebateu as declarações de que jogadores não possuem amor aos clubes de futebol. Apresentado nessa sexta-feira como reforço do Tianjin Quanjin, da segunda divisão chinesa, o atleta afirmou que a indefinição sobre seu futuro na equipe alvinegra pesou na ida para o futebol asiático.

"É claro que você tem carinho por um clube quando passa por ele. Ele deve ter dito que os jogadores não têm amor por conta da situação pela qual o time está passando. Mas meu contrato acabaria em agosto, eu havia conquistado o título brasileiro, e não tinha recebido nenhuma proposta [para renovar]. O presidente falou isso aí mais pelo fato de o futebol chinês ter vindo pesado, os jogadores terem saído, e ele ter ficado sem ter o que fazer", disse Jadson, que deixou o Corinthians após o Tianjin Quanjin pagar os R$ 21 milhões de sua multa rescisória.

O meia, que admitiu não ter visto as declarações de Andrade, afirmou ter um "grande respeito" pelo mandatário e mostrou confiança na capacidade da diretoria em reestruturar o Corinthians para essa temporada. Além do atleta, os jogadores Renato Augusto e Ralf se transferiram para a China, enquanto Vagner Love aceitou oferta do francês Monaco. Cássio e Elias são outros dois nomes que podem deixar o clube em breve.

Diante de tantas saídas, Jadson reconheceu que o Timão inicia o ano com um elenco inferior ao que foi hexacampeão brasileiro em 2015. "A questão do desmanche faz parte. Uma equipe que se destaca recebe propostas de fora. O Renato [Augusto] dizia pra mim que não sairia, mas a oferta foi muito boa e o lado financeiro pesou bastante. O Corinthians perderá muito com a saída dos jogadores, mas tem peças de reposição que podem ajudar a equipe. O Tite é muito inteligente e saberá usar os que estão chegando para o time fazer um grande ano", avaliou.

O Tianjin Quanjin é comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo e realiza pré-temporada em Atibaia, no interior paulista. O treinador foi até a sala de imprensa do hotel em que a equipe está concentrada pra entregar a Jadson e Luis Fabiano - o outro reforço da equipe - a camisa que eles usarão na China. Para o meia, qualquer outra questão relacionada ao Corinthians já está no passado. "Estou indo para a China de cabeça erguida. Fiz o meu trabalho. Eu terminei o ano campeão brasileiro, então estou com a consciência tranquila", concluiu.

Deixe seu comentário