Jadson admite comprometimento e físico melhor do que no São Paulo

Marcos Guedes - São Paulo , SP
29/09/2015 18:00:09

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol, São Paulo

A forma física de Jadson vinha sendo publicamente criticada pelo técnico Muricy Ramalho, no São Paulo, antes de sua transferência para o Corinthians. Após um 2014 de bons e maus momentos em preto e branco, o meia vive a melhor temporada de sua carreira e a atribui a um melhor condicionamento.

“Acho que é o comprometimento, o preparo físico”, respondeu o atleta, questionado sobre o que mudou após sua saída do clube do Morumbi. “Tenho muito que agradecer ao Fábio (Mahseredjian, preparador). Coloquei algumas metas neste ano, como manter uma regularidade. E venho tendo isso a cada jogo.”

Jadson tem mesmo apresentando uma ótima constância no ano e faz um Campeonato Brasileiro de bastante qualidade. Artilheiro do Corinthians na competição, com 11 gols, ele lidera toda a disputa em assistências, tendo contribuído com nove passes que acabaram em bola na rede.

Tal desempenho não seria possível com o preparo exibido no início de 2014, ainda no São Paulo. O meia iniciou os trabalhos mal a ponto de ganhar um período particular para ganhar melhores condições e acabou mudando de clube na troca que levou Alexandre Pato ao Morumbi.

“Com certeza, no momento em que cheguei de férias, estava um pouco desmotivado. Depois que voltei, comecei a trabalhar sério. Voltei à forma física que vinha tendo e, quando ia ter oportunidade lá, apareceu a chance de vir para o Corinthians”, recordou o atleta de 31 anos.

A transferência acabou fazendo muito bem a Jadson, perto de conquistar seu primeiro Brasileiro como um dos grandes nomes da competição. “Estou feliz aqui. Foi um clube que me acolheu muito bem, a torcida me acolheu muito bem. Só tenho que agradecer a todos.”

Jadson está mais feliz e mais em forma do que no início de 2014 (foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)
Jadson está mais feliz e mais em forma do que no início de 2014 (foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)




  • Aldo Roberto Camocardi

    me desculpem…é um jogador de ITAQUERAO e mais nada….a maioria dos jogos fora não fez nada e se esconde…como em Santos, no Morumbi, no allians parque, no sul com o gremio e em todos os lugares…jogador covarde e fraco fora de sua torcida…por isso nao estar na seleção….ok

    • DVDLEY LAN HOUSE & PRODUÇÕES D

      Os números não mentem, OK ? Melhor em tudo, assistência e só não é artilheiro, porque o Ricardo Oliveira é centro avante NATO e vive a melhor fase da sua carreira. A inveja cria câncer sabia ?

    • JRSK823

      Como tem gente q fala m3rda! Acabou de dar duas assistências para gol no jogo contra o figueira e se não fosse o lixo l0ve teria mais seu prego invejosa!

    • Paulo Sérgio

      Típico comentário invejoso e apaixonado.

  • Nostradamus

    O Jadson é um jogador que vive somente de escanteios, faltas e pênaltis. Mas para isso acontecer tem que ter a colaboração da arbitragem, senão vira um jogador comum iguais aos outros. Seu físico depende muito da arbitragem.

  • Henrique Dourado

    LÁ ELAS PRECISAM SEMPRE ESTAR EM FORMA ELAS SABEM SE CUIDAR BEM A MAIOR PRÁTICA É FORTALECIMENTO DE GLÚTEO DESENVOLVIDO NESSE TIME SEM ESTÁDIO E APRIMORADO POR VAMPETA, DINEI, RONALDO, SHEIK…….

×
Quer receber notícias do Corinthians?